Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6874
Title: Metodologias construtivas racionalizadas na construção civil
Authors: DANTAS, Juliana
Keywords: Construção civil;Civil construction;Metodologias construtivas;streamlined methodologies;Produtividade;productivity;Planejamento;planning
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Juliana Serejo. Metodologias Construtivas Racionalizadas na Construção Civil. 2018. 65 f. Monografia Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A indústria da construção civil tem enorme participação no PIB (Produto Interno Brasileiro) e é responsável pela geração de muitos empregos, portanto, ela deve sempre se manter estabilizada, garantindo o crescimento do país. Em contrapartida, o setor é um dos que mais geram o maior número de desperdícios e é um dos maiores responsáveis por acidentes trabalhistas no Brasil. Com o comércio cada vez mais competitivo, os empresários começam a se ater à necessidade de investir na implantação de metodologias racionalizadas em suas empresas, a fim de reduzir os seus custos e aumentar a produtividade resultando em uma maximização dos lucros, pois a falta de atenção por parte dos gestores ao planejamento necessário, a gestão de projetos e a falta do controle da execução, que muitas vezes é deixada a encargo de uma mão de obra desqualificada, traduz a uma má qualidade e atrasos na obra, e isso será transferido ao valor final do empreendimento. No entanto, apesar das metodologias racionalizadas terem surgido no século XX, após Segunda Guerra Mundial, nos últimos anos têm influenciado nos planejamentos relacionados à empresas construtoras. Neste trabalho, serão apresentadas algumas metodologias racionalizadas aplicadas ao setor da engenharia civil, que são: Produção Enxuta, Sistema Toyota de Produção, Just In Time, Kanban, Sistema 5 S e Rede PERT/CPM.
Abstract: The construction industry has a huge share of GDP (Brazilian GDP) and is responsible for generating many jobs, so it must always remain stable, ensuring the country's growth. On the other hand, the sector is one of the ones that generate the greatest amount of waste and is one of the most responsible for accidents in Brazil. With increasingly competitive trading, entrepreneurs begin to stick to the need to invest in deploying streamlined methodologies in their companies in order to reduce their costs and increase productivity resulting in a profit maximization because the lack of attention management, and the lack of control over execution, which is often left to a disqualified workforce, translates into poor quality and delays in the work, and this will be transferred to the value end of the project. However, despite the rationalized methodologies that emerged in the twentieth century after World War II, in recent years they have influenced the planning of construction companies. In this paper, we will present some rationalized methodologies applied to the civil engineering sector, which are: Lean Production, Toyota Production System, Just In Time, Kanban, System 5 S and PERT / CPM Network.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6874
Other Identifiers: 2013081707
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Metodologiasconstrutivas_Dantas_2018.pdfMonografia 1.45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.