Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6855
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBecker, Vanessa-
dc.contributor.authorCosta, Raul Leite da-
dc.date.accessioned2018-07-11T10:33:35Z-
dc.date.available2018-07-11T10:33:35Z-
dc.date.issued2018-07-11-
dc.identifier20170008528pr_BR
dc.identifier.citationCOSTA, Raul Leite da. Aplicação de modelo hidrodinâmico bidimensional IPH-ECO na Lagoa Seca de Extremóz/RN. 2018. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal - RN, 2018.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6855-
dc.description.sponsorshipCNPqpr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectHidrodinâmica. Nível d’água. Modelagem ecológica. Vento.pr_BR
dc.titleAplicação de modelo hidrodinâmico bidimensional IPH-ECO na Lagoa Seca de Extremóz/RNpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.advisor-co1Carlos Ruberto Fragoso Juniorpr_BR
dc.contributor.referees1Becker, Vanessa-
dc.contributor.referees2Medeiros , Joana D'arc Freire de-
dc.description.resumoLagoas costeiras são ambientes bastante atrativos para o estabelecimento humano, sendo bem exploradas diante do fato de propiciar múltiplos usos e ocupações essenciais em muitos municípios brasileiros, o que, no entanto acarretam alterações ambientais tendo em vista que, estes sistemas têm reconhecida fragilidade às agressões antrópicas. As alterações naturais e antrópicas dos ecossistemas podem ser previstas com o uso da modelagem matemática, que é um instrumento para o estudo da hidrodinâmica em sistemas costeiros, colaborando para uma melhor compreensão da dinâmica de seus processos, e auxiliando o manejo sustentável dos reservatórios costeiros. Desse modo, o presente trabalho tem como objetivo aplicar um modelo hidrodinâmico bidimensional para a Lagoa Costeira de Extremoz, um dos mais importantes reservatórios do Estado do Rio Grande do Norte, com base em dados meteorológicos e hidrológicos, utilizando o modelo IPH-ECO. O módulo hidrodinâmico foi aplicado em simulações realizadas para um período de 09 dias, ao final de cada simulação, os valores de nível d´água de saída do modelo foram comparados com os dados de mesmo horário de observação das réguas linimétricas da CAERN. Subsequentemente foi realizada a calibração do modelo de modo a analisar a sua aceitação através de técnicas estatísticas, as quais demonstraram que o modelo foi capaz de seguir o mesmo padrão de variação dos dados observados, não trazendo discrepâncias entre tais os valores. Dessa forma, constata-se que a aplicação do modelo bidimensional IPH-ECO foi capaz de representar satisfatoriamente a variabilidade real dos níveis d'água na Lagoa Costeira de Extremoz sob a ação do vento e consequente hidrodinâmica.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentEngenharia Ambientalpr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::RECURSOS HÍDRICOSpr_BR
dc.contributor.referees3Costa, Eckhard Mozart Bezerra da-
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ModeloHidrodinâmico_Costa_20182.29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons