Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6854
Title: Plano de Manutenção, Operação e Controle – pmoc – aplicado à Escola de Ciências e Tecnologia da UFRN
Other Titles: Maintenance, Operation and Control Plan - PMOC - applied to School of Sciences and Technology of UFRN
Authors: Garcia, Lígia da Costa
Keywords: PMOC, Sistemas térmicos, Climatização, Saúde;PMOC, Thermal systems, Air conditioning, Health
Issue Date: 29-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ÇENGEL, Yunus A.; BOLES, Michael A..Termodinâmica. São Paulo: Mc Graw Hill, 1998. STOECKER, W.F., SainzJabardo, J.M., Refrigeração industrial. Ed. Edgard Blücher, 2002. CARVALHO, Márcio Humberto Almeida, Avaliação da qualidade do ar em ambientes acadêmicos: um estudo de caso. Natal, RN, 2016. MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Ar condicionado, guia prático sobre sistemas de água gelada, Brasília, 2016. FERRAZ, Fábio; Apostila de Refrigeração. CEFET-Santo Amaro/BA, 2008. SODRÉ, Eduardo Delfino; TÓRTORA, João Carlos O.; CORRÊA, Sérgio Machado. Avaliação da qualidade do ar interior do hospital universitário Pedro Ernesto. Revista Sustinere, Rio de Janeiro, v.2, n.2, p.36-56, 2014. FELIX, Ana Beatriz. Escola de Ciências e Tecnologia, Infraestrutura – Manual do Usuário. Natal, 2012. REVISTA WEBARCONDICIONADO: Revista do portal www.webarcondicionado.com.br. Porto Alegre, Ed. 2, ano 2, maio 2016. REVISTA WEBARCONDICIONADO: Revista do portal www.webarcondicionado.com.br. Porto Alegre, Ed. 1, ano 1, set 2015. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Indoor airquality: biological contaminants; Copenhagen, Denmark,1983 (European Series nº 31). AMERICAN SOCIETY OF HEARTING, REFREIGERATING AND AIR CONDITIONINGENGINEERS. ASHARAEStandard 62: Ventilation for Acceptable Indoor Air Quality, 2001 KULCSAR, Neto F & Siqueira, LFG. Padrões Referenciais para Análise de Resultados de Qualidade Microbiológica do Ar em Interiores Visando a Saúde Pública no Brasil. Revista da Brasindoor, v.2, n. 10, p. 4-21,1999. SIQUEIRA, LFG & Dantas, EHM. Organização e Métodos no Processo de Avaliação da Qualidade do Ar de Interiores. Revista da Brasindoor, v.3, n. 1, p. 19-26, 1999. AQUINO, Neto F.R; Brickus, L.S.R. Padrões Referenciais para Análise de Resultados daQualidade Físico-química do Ar de Interior Visando a Saúde Pública. Revista da Brasindoor, v. 3, n. 2, p. 4-15,1999. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 16401 (partes 1, 2 e 3): Instalações de Ar Condicionado – Sistemas centrais e unitários. Rio de Janeiro, 2008. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 13971: Sistemas de Refrigeração, condicionamento de ar, ventilação e aquecimento – Manutenção programada. Rio de Janeiro, 2014. AR-CONDICIONADO SEM MANUTENÇÃO: um grande vilão para a saúde. Revista da Instalação, São Paulo, fev. 2017. Disponível em: < http://www.revistadainstalacao.com.br/noticias/ultimas-noticias/item/1662-ar-condicionado-sem-manutencao-um-grande-vilao-para-saude.html >. Acesso em: 24 jun. 2018. BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Diretoria Colegiada. Resolução n° 09, 16 jan. 2003. Padrões Referenciais de Qualidade do Ar Interior em Ambientes Climatizados Artificialmente de Uso Público e Coletivo. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 20 jan. 2003. Sessão 1, n.14, p. 35-37. BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n° 3523, 28 ago. 1998. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 31 ago. 1998. Sessão 1, p. 40-42. REVISTA DO FRIO E AR CONDICIONADO. VRF ou água gelada? Faça sua escolha. Ed. Mary, ano 23, n. 276, maio 2013. GLADSTONE, Jonh. John Gorrie, the visionary. ASHRAE Journal, the first century o fair conditioning, Article 1. Dec. 1998. Manual Hitachi, HFC R-410a.
Portuguese Abstract: Tendo em vista a Lei nº 13.589, de 4 de janeiro de 2018, a qual decreta no seu artigo primeiro: “Todos os edifícios de uso público e coletivo que possuem ambientes de ar interior climatizado artificialmente devem dispor de um Plano de Manutenção, Operação e Controle – PMOC dos respectivos sistemas de climatização, visando à eliminação ou minimização de riscos potenciais à saúde dos ocupantes.”, com isso, este trabalho tem como finalidade a aplicação do PMOC em um prédio da UFRN, a Escola de Ciências e Tecnologia – ECT. Propondo assim, a maximização da segurança, saúde, bem-estar e o conforto dos ocupantes nesse ambiente, levando-se em conta as diversas fontes poluentes de natureza biológica, química e física. Pode-se acrescentar ainda, a maior eficiência, vida útil e minimização de falhas nas máquinas do sistema de climatização, culminando em economia financeira e em menos contratempos e desconfortos. Para isso, foi usado como base as recomendações da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na resolução n° 9, de 16 de janeiro de 2003; a portaria GM/MS n° 3.523, de 28 de agosto de 1998; as orientações dos manuais dos fabricantes das máquinas; as normas da ABNT relacionadas com o assunto, entre outros estudos. Portanto, a aplicação prática e fiel do PMOC gerado nesse trabalho garante a saúde e conforto dos usuários dos recintos climatizados do prédio da ECT.
Abstract: In view of the Law n° 13.589, of January 4, 2018, which decrees in its first article: "Every building for public use and collective use that contain indoor air-conditioned rooms must have a Maintenance, Operation and Control Plan (know in Brazil as PMOC) of the respective air conditioning systems, aiming at the elimination or minimization of potential risks to occupants' health. ", this work aims at the application of PMOC in a building of UFRN, the School of Sciences and Technology (known in Brazil by the Portuguese acronym, ECT). Thus, maximizing the safety, health, well-being and comfort of the occupants in this environment, taking into account the numerous polluting sources of biological, chemical and physical nature. In addition, the greater efficiency, working life and minimization of failures in the machines of the refrigeration system, leading in financial savings and in fewer setbacks and hassles. For this purpose, the recommendations of National Health Surveillance Agency (ANVISA) in resolution n° 9, of January 16, 2003 were used as basis; the ordinance GM/MS n° 3.523 of August 28, 1998; guidelines of the machine manufacturer's manuals; the ABNT standards related to the subject, among other studies. Therefore, the practical and accurate application of the PMOC generated in this work guarantees the health and comfort of the users of the climatized enclosures of the ECT building.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6854
Other Identifiers: 2013084360
Appears in Collections:Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_Lígia Garcia_PMOC APLICADO A ECT DA UFRN_Junho 2018_COM ANEXOS E ATA.pdfLeitura de dados7.64 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons