Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6846
Title: Os efeitos da hidroginástica na resistência muscular localizada dos membros superiores em idosas fisicamente ativas com idade acima de 60 anos.
Authors: Silva, Francisco Canindé da.
Keywords: Hidroginástica;Exercício Físico;Força muscular;Idoso
Issue Date: 25-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Francisco Canindé da. Os efeitos da hidroginástica na resistência muscular localizada dos membros superiores em idosas fisicamente ativas com idade acima de 60 anos. 2018. 46f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Os efeitos da hidroginástica na resistência muscular localizada dos membros superiores em idosas fisicamente ativas com idade acima de 60 anos. Introdução: Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, em 2030 a expectativa de vida da população brasileira alcançará em média 78,64 anos. Estima-se que haverá cerca de 41 milhões de idosos com 60 anos de idade ou mais (Simões, 2016). Desta forma é imprescindível que se criem estratégias que visem à melhora da qualidade vida dos idosos. O objetivo do presente estudo foi de analisar os efeitos da hidroginástica na resistência muscular localizada dos membros superiores em mulheres idosas fisicamente ativas com idade acima de 60 anos participantes do Projeto de Extensão “Minha Melhor Idade” do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Teve como metodologia uma pesquisa de campo com a finalidade aplicada; com objetivo analítico; natureza observacional; com abordagem quantitativa; de coorte prospectivo; com amostragem não probabilística voluntária. (FONTELLES ET AL, 2009). Com amostra de 19 (dezenove) idosas voluntárias do Projeto Extensão “Minha Melhor Idade” do Departamento de Educação Física da UFRN com idade média (68,63 ±4,46). Instrumento de medida utilizado foi o Teste de Força flexão do cotovelo em 30 segundos - Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999). Com avaliações pré-período de treino e pós-período de treino após 08 (oito) semanas de treinamento aeróbios de hidroginástica com intensidade autosselecionada, 03 (três) vezes na semana, com duração de 50 min/dia. O Resultado da avaliação pré-treino teve média (19,26 ±2,31), significância (p = 0,3119) Var (5,32), enquanto pós-treino obteve média (24,16 ±3,1), variância (9,58), significância (p = 0,47) e correlação de Pearson (0,58). Conclui-se que os exercícios físicos ministrados nas aulas de hidroginástica do Projeto de Extensão Minha Melhor Idade proporcionam ganhos de força de resistência muscular dos membros superiores de idosas.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6846
Other Identifiers: 2013084422
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efeitoshidroginásticaresistência_2018_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo824.72 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons