Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6791
Title: Morando perto do shopping: uma análise sobre atratividade espacial
Authors: AZEVEDO, Lidianny Fernandes de
Keywords: Natal;Produção imobiliária;SIG;Empreendimentos multifamiliares;Shopping center;Raio de abrangência
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: AZEVEDO, Lidianny Fernandes de. Morando perto do shopping: uma análise sobre atratividade espacial. 2018. 21 f. Artigo Científico. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Após um longo período, no qual o Estado assumiu o papel de produtor através da implantação de conjuntos habitacionais, pode-se afirmar que a maioria das habitações passou a ser construída pela iniciativa privada, nas principais cidades brasileiras. Nesse contexto, a localização espacial assume um papel determinante. A busca por acessibilidade e mobilidade urbana coloca a proximidade geográfica com os principais equipamentos urbanos, como uma das principais externalidades de vizinhança almejada pelo consumidor de habitação e oferecida pelos promotores. De outra parte, os shoppings centers se destacam como elementos de grande importância econômica e espacial, concentrando parte significativa do comércio e serviços das áreas urbanas. Supõe-se, a princípio, que há uma convergência entre as duas atividades e que após a instalação de shoppings centers, os mesmos passam a exercer atratividade sobre os empreendimentos residenciais. O cerne deste estudo é realizar uma análise espacial, utilizando os recursos do Sistema de Informação Geográfica (SIG), da distribuição dos empreendimentos verticais multifamiliares, construídos sob o sistema de incorporação imobiliária, no entorno dos principais shoppings centers da cidade durante os anos de 1990 a 2017. Caberá relacionar a localização dos shoppings com a produção imobiliária de Natal, buscando a caracterização deste fenômeno, no entorno dos shoppings através de variáveis como quantidade de empreendimentos, quantidade de unidades habitacionais e quantidade de área; procurou-se reconhecer um raio de atratividade, isto é, a possível área que foi influenciada pela construção dos shoppings; quantificar a produção antes e após a instalação dos shoppings; e, como consequência identificar as áreas carentes de shoppings. Os resultados indicam que a atratividade pode ocorrer em ambos os casos, resultando quase sempre em um excesso de concentração em determinadas zonas da cidade. E que o excesso de concentração implica na ocorrência de carência em outras áreas que tendem a sofrer desvalorização.
Abstract: After a longer period of time, in which the State assumed the role of constructor through the implementation of housing estates, it can be said that most of the dwellings today are built by private initiative in the main brazilian cities. In this context, spatial location assumes a determining role. The search for accessibility and urban mobility places the geographical proximity to the main urban facilities as one of the main externalities of neighborhood sought by the housing consumer and offered by the promoters. In this regard, shopping centers stands out as important economic and spatial elements, concentrating a significant part of the commerce and services of urban areas. It is assumed, in principle, that there is a convergence between these two activities and, after installation of shopping centers, they become attractive to residential projects. The aim of this study is to conduct a spatial analysis, using resources of the Geographic Information System (GIS), about multifamily vertical housing distribution, built under the real estate development system, around the majorshopping centers of the city during the years 1990 to 2017. It is proposed to relate the location of shopping centers with real estate development in Natal, seeking to characterize this phenomenon, in the surroundings of these facilities, through variables like quantity of enterprises, quantity of housing units and quantity of area. It was tried to recognize an attractiveness radius, a possible area that was influenced by construction of shopping centers; quantify real estate development before and after installation of shopping centers; and, as a consequence, identify the needy areas of shopping centers. The results indicate that spatial attractiveness can occur in both cases, resulting almost always is an excess of concentration in certain zones of the city. This excess of concentration implies in deficiency in another areas, that may undergo devaluation.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6791
Other Identifiers: 2013081897
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Morandopertodoshopping_Azevedo_2018.pdfArtigo científico1.13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.