Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6753
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFreitas Neto, Osvaldo de-
dc.contributor.authorOliveira, Gabriel Xerez de-
dc.date.accessioned2018-07-04T21:06:39Z-
dc.date.available2018-07-04T21:06:39Z-
dc.date.issued2018-06-21-
dc.identifier2012937427pr_BR
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Gabriel Xerez de. Modelagem numérica de provas de carga em placa em solo colapsível. 2018. 74f. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia Civil), Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6753-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectMódulo de Deformabilidade, recalque, prova de carga em placa, colunas de compactação, análise numéricapr_BR
dc.titleModelagem numerica de provas de carga em placa em solo colapsívelpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Freitas Neto, Osvaldo de-
dc.contributor.referees2Freitas, Ana Paula Sobral-
dc.description.resumoA presença de solos colapsíveis é um fator que pode causar prejuízos ao desempenho estrutural de fundações, gerando deslocamentos verticais de considerável magnitude, o que potencializa o surgimento de patologias nas edificações. Neste viés, a literatura aborda métodos de tratamento ou melhoria desses solos, como a execução de colunas de compactação para a estabilização dos recalques. O presente trabalho buscou simular em ambiente computacional, provas de carga realizadas por Freitas (2016), conduzidas no solo colapsível de São Carlos, com o objetivo de avaliar o efeito de melhoria desses solos gerado com a execução de colunas de solo compactado e colunas de solo e brita. Foram feitos ensaios para as condições de solo natural e umedecido, colunas compactado inundado e não inundado, e coluna compactada de solo e brita inundada. O intuito das análises foi comparar os resultados das curvas tensão x deformação obtidos no modelo numérico com as curvas dos ensaios, bem como, retroanalisar os parâmetros de resistência e deformabilidade para os casos citados. O programa utilizado foi o software OPTUM G2® da empresa Optum Computational Engineering (OptumCE), baseado no Método dos Elementos Finitos. Nas análises foram considerados os conceitos de célula unitária e módulo de deformabilidade equivalente para o sistema coluna+solo, assim como no trabalho de Freitas (2016). Os resultados mostraram um bom ajuste das análises com a curvas dos ensaios, e módulos de deformabilidade mais altos para os solos com reforço, indicando assim boa resposta do software frente à modelagem do problema, além de confirmar a efetividade do emprego da técnica de reforço de solos colapsíveis. Os valores dos módulos equivalentes obtidos numericamente, para todos os casos, também foram bem próximos àqueles retroanalisados com a Teoria da Elasticidade para as provas de carga, o que mostra convergência de resultados do modelo numérico com os métodos analíticos.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentEngenharia civilpr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Bittencourt, Eduardo de Castro-
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - ESCRITO - REV SUB BIBLIO - FINAL.pdfArtigo principal2,15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons