Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6731
Title: Obtenção e caracterização do diamante policristalino (PCD) com 15%wt de NIÓBIO sinterizado via alta pressão e alta temperatura (HPHT)
Authors: Barreto, Lucas Pires de Paiva
Keywords: Diamante policristalino;Nióbio;HPHT;Caracterização;Sinterização
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BARRETO, Lucas Pires de Paiva. Obtenção e caracterização do diamante policristalino (PCD) com 15% wt de Nióbio sinterizado via alta pressão e alta temperatura (HPHT). 2018. 47f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Departamento de Engenharia Química, Universidade Federal de Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Este trabalho tem como objetivo principal a obtenção e caracterização do corpo de diamante sinterizado com 15 wt% Nb, através das técnicas HPHT (High Pressure, High Temperature) em três diferentes temperaturas: 1650℃, 1750℃ e 1850 ℃, com pressão constante de 7,7 GPa. Para atingir esse objetivo, a rota escolhida se dividiu em três estágios: no primeiro foi realizada a caracterização dos pós de partida através de Particulometria, Difração de Raios X e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). No segundo estágio, foi realizada a mistura dos pós em moagem de alta energia por 20 minutos a 500 rpm e feita a caracterização do estágio anterior no pó compósito obtido. Já no terceiro estágio, foi realizada a sinterização via HPHT e a caracterização dos corpos de prova obtidos através de Densimetria, Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectroscopia Raman. Os resultados mostraram que o Nióbio pode ser um excelente ligante para o diamante, conseguindo densidades relativas na faixa de 96% a 100% para as amostras em todas as temperaturas, visto a alta pressão a elas submetidas. Além disso, foi verificado através dos espectros Raman que para todas as temperaturas não houve grafitização, problema comum nesse tipo de material. Quanto às análises do MEV, foi detectada a dispersão uniforme do Nióbio nas interfaces das partículas de diamante, não houve formação de trincas, e mais uma vez foi observada a ausência de grafitização.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6731
Other Identifiers: 2013085626
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ObtencaoeCaracterizacao_Barreto_2018.pdfMonografia2.93 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons