Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6703
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPedrosa, Lucia de Fatima Campos-
dc.contributor.authorRodrigues, Rayssa de Queiroz-
dc.date.accessioned2018-06-26T14:52:07Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier2014063070pr_BR
dc.identifier.citationRODRIGUES, Rayssa de Queiroz. Concentrações séricas de 25(OH)D e estado nutricional antropométrico em adultos com síndrome metabólica. 2018. 31f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6703-
dc.description.abstractIntroduction: Serum concentrations of 25-hydroxyvitamin D [25(OH)D] have been inversely associated with adiposity and metabolic abnormalities in the metabolic syndrome (MS). The objective of the study was to evaluate the relationship between serum concentrations of [25(OH)D] and anthropometric nutritional status in adults with MS. Methodology: A cross-sectional study was carried out with 134 individuals (19-59 years old) diagnosed with MS and BMI ≥ 25 kg/m2. The anthropometric nutritional status was evaluated by body mass index (BMI), waist circumference (WC) and waist circumference ratio (WHR). The subjects were evaluated according to adequate 25(OH)D levels (≥ 30 ng/mL) or < 30 ng/mL, inadequate levels. Results: The mean age of the participants was 45.04 (9.07) years, with a predominance of females (81%). The mean BMI, WC and WHR were 34,46 (6.45) kg/m²; 106.54 (12.16) cm and 0.97 (0.06), respectively. Triglycerides and fasting glycemia were altered in all subjects. The mean serum concentrations of 25(OH)D were 27.65 (8.64) ng/mL. There was no significant difference in the relationship between 25(OH)D concentration and BMI (p = 0.108), WC (p = 0.812) and WHR (p = 0.600). The correlations between serum concentrations of 25(OH)D and BMI (p = 0.709), WC (p = 0.858) and WHR (p = 0.715) were not significant. Conclusion: 25(OH)D concentrations were not related to changes in anthropometric nutritional status in subjects with metabolic syndrome. These results suggest robust studies to investigate the relationship between serum vitamin D levels and obesity.pr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsembargoedAccesspr_BR
dc.subjectsíndrome metabólicapr_BR
dc.subjectvitamina Dpr_BR
dc.subjectobesidadepr_BR
dc.subjectmetabolic syndromepr_BR
dc.subjectvitamin Dpr_BR
dc.subjectobesitypr_BR
dc.titleConcentrações séricas de 25(OH)D e estado nutricional antropométrico em adultos com síndrome metabólicapr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.description.embargo2021-
dc.contributor.advisor-co1Severina Carla Vieira Cunha Limapr_BR
dc.contributor.referees1Pedrosa, Lucia de Fatima Campos-
dc.contributor.referees2Lopes, Márcia Marilia Gomes Dantas-
dc.description.resumoIntrodução: As concentrações séricas da 25 hidroxivitamina D [25(OH)D] têm sido inversamente associadas com a adiposidade e as alterações metabólicas presentes na síndrome metabólica (SM). O objetivo do estudo foi avaliar a relação entre as concentrações séricas da [25(OH)D] e o estado nutricional antropométrico em adultos com SM. Metodologia: Estudo transversal realizado com 134 indivíduos (19-59 anos) diagnosticados com SM e IMC ≥ 25 kg/m2. O estado nutricional antropométrico foi avaliado pelo índice de massa corporal (IMC), circunferência da cintura (CC) e relação cintura quadril (RCQ). Os indivíduos foram avaliados de acordo com os valores de 25(OH)D (≥ 30 ng/mL, adequado) ou (< 30 ng/mL, inadequado). Resultados: A média de idade dos participantes foi 45,04 (9,07) anos, tendo predominância do sexo feminino (81%). A média do IMC, CC e RCQ foram 34,46 (6,45) kg/m²; 106,54 (12,16) cm e 0,97 (0,06), respectivamente. Triglicerídeos e glicemia de jejum apresentaram-se alterados em todos os indivíduos. A média das concentrações séricas de 25(OH)D foi 27,65 (8,64) ng/mL. Não foi observada diferença significativa na relação entre a concentração de 25(OH)D e o IMC (p=0,108), CC (p=0,812) e RCQ (p=0,600). As correlações entre as concentrações séricas de 25(OH)D e o IMC (p=0,709), CC (p=0,858) e RCQ (p=0,715) não foram significativas. Conclusão: As concentrações de 25(OH)D não foram relacionadas com alterações do estado nutricional antropométrico nos indivíduos com síndrome metabólica. Esses resultados sugerem a realização de estudos robustos para investigar a relação entre as concentrações séricas de vitamina D e obesidade.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentNutriçãopr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees3Lima, Marcos Felipe Silva de-
dc.description.otherEsse trabalho de conclusão de curso foi feito em formato de artigo científico com o objetivo final de publicação em revista científica online. Se o trabalho for disponibilizado online antes de ser publicado pela revista em questão, pode ser que a revista não autorize mais a publicação, uma vez que o artigo já teria livre acesso, prejudicando toda dedicação envolvida na elaboração deste trabalho.pr_BR
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Concentraçõesséricas25(OH)D_2018_Trabalho de Conclusão de Curso
Restricted Access Until 2020-12-31
Texto Completo323.64 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.