Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6701
Title: Estudo da vida útil do peixe voador (Hirundichthys affinis, Günther, 1866) armazenado em gelo: avaliação de aspectos físico-químicos
Authors: Dantas, Amanda Gracielle Carlos
Keywords: Peixe voador;Pescado fresco;Bases voláteis;pH
Issue Date: 23-Apr-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Amanda Gracielle Carlos. Estudo da vida útil do peixe voador (Hirundichthys affinis, Günther, 1866) armazenado em gelo: avaliação de aspectos físico-químicos. 2018. 31f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Departamento de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal - RN, 2018.
Portuguese Abstract: O frescor do peixe pode ser determinado por parâmetros bioquímicos, bacteriológicos e sensoriais que demonstram as condições dos peixes recém-capturados durante um período determinado. O objetivo da pesquisa foi avaliar as alterações físico-químicas do peixe voador durante o período de armazenamento em gelo. Foi realizada a análise do teor de Bases Voláteis Totais (BVT) e Trimetilamina (TMA) e medição do pH durante o período de 19 dias de armazenamento em gelo. Os resultados obtidos foram tabulados e submetidos à estatística descritiva e em seguida foi realizada a ANOVA com posterior teste de Tukey, ao nível de significância de 5% (p<0,05). O teste de Tukey demonstrou que houveram alterações significativas para as análises realizadas. Os valores obtidos na análise de BVT foram elevados desde o início, apresentando 25,19mg N/100g da amostra no 1° dia de armazenamento, e ultrapassando o limite estabelecido pela legislação brasileira no 5° dia com um valor de 31,32mg N/100g, aumentando gradativamente, até alcançar o valor de 39,42mg N/100g no 19° dia. O valor inicial de TMA foi de 6,58mg N/100g, alcançando 12,17mg N/100g no 19° dia, apresentando crescimento constante até o final do período de armazenamento. As análises de pH mostraram o valor inicial de 6,23, aumentando gradualmente, porém permanecendo dentro do limite aceitável até o 19° (6,88). Conclui-se, que o produto pode ser considerado fresco até o 3º dia de armazenamento em gelo, considerando-se o teor de bases voláteis. Contudo, o teor de bases voláteis totais é uma medida isolada, fazendo-se necessárias outras análises (físico-químicas, microbiológicas e sensoriais) para definir a vida de prateleira do peixe voador.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6701
Other Identifiers: 20150119753
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VidaUtilPeixeVoador_2018_Trabalho de Conclusão de CursoTexto Completo705.05 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.