Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6685
Title: Plano de intervenção para implantação do grupo de adesão em uma unidade de atenção primária: espaço de acolhimento e cuidado às pessoas vivendo com HIV/AIDS.
Authors: Rosa, Rosana Silva
Keywords: Grupo de Adesão, HIV/Aids, Promoção da Saúde.
Issue Date: 18-Sep-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ROSA, Rosana Silva; LIMA, Kenio Costa de (Orient.). Plano de intervenção para implantação do grupo de adesão em uma unidade de atenção primária: espaço de acolhimento e cuidado às pessoas vivendo com HIV/AIDS. 2017. 18 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é considerada atualmente um dos maiores problemas de saúde pública no Brasil e no mundo. Apesar dos avanços na terapia antirretroviral, introduzida no Brasil desde 1996, com acesso universal e gratuito aos serviços de saúde e aos medicamentos, o Programa HIV/aids foi comprometido por um dos fatores, que é a adesão ao tratamento. Este projeto de intervenção tem como objetivo implantar o grupo de adesão em uma Unidade de Atenção Primária e desenvolver atividades de promoção à saúde com vistas a melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem com o vírus HIV. O cenário será uma Unidade de Atenção Primária, o Centro Municipal de Saúde Américo Veloso, inserido na CAP 3.1, no município do Rio de Janeiro. A metodologia levará em consideração a viabilidade da intervenção no cenário local, os atores envolvidos, os recursos e as ações que deverão ser implantadas com encontros em grupos educativos. O grupo de adesão pode ser considerado como uma tecnologia do cuidado, um espaço de acolhimento, de diálogo, de troca de experiências e interação entre as pessoas e a equipe do Programa HIV/aids, as Equipes de Saúde da Família, o NASF e parcerias com equipes do teatro e dança. Os encontros serão quinzenais e abordarão diversos temas. A construção do plano de intervenção amplia também a discussão entre profissionais da assistência e da gestão local, a fim de que repensem suas práticas de saúde baseadas no modelo biomédico, com foco na terapia antirretroviral, e de que se reconstruam como profissionais que desenvolvem no grupo de adesão a promoção da qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV/aids.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6685
Other Identifiers: 20162011681
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROJETO INTERVENÇÃO COMPLETO (1).docARTIGO PRINCIPAL164.5 kBMicrosoft WordView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.