Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6670
Title: Avaliação da adesão ao regime terapêutico de pessoas com HIV/AIDS fazendo uso da terapia antirretroviral em um serviço ambulatorial especializado de Ponta Porã/MS.
Authors: Moraes, Fayla Michele Bosso de
Keywords: AIDS;Terapia antirretroviral;Adesão
Issue Date: 8-Sep-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MORAES, Fayla Michele Bosso; MEIRELLES, Maria Quitéria Batista (Orient.). Avaliação da adesão ao regime terapêutico de pessoas com HIV/AIDS fazendo uso da terapia antirretroviral em um serviço ambulatorial especializado de Ponta Porã/MS. 2017. 33f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Com o advento da terapia antirretroviral, efetiva na redução da carga viral plasmática, observou-se um profundo impacto na história natural da infecção pelo HIV/aids. Entretanto, regimes terapêuticos muito exigentes e efeitos adversos provocados por essa terapia surgiram, dificultando a adesão ao regime terapêutico. A não aderência aos medicamentos antirretrovirais tem sido considerada uma ameaça para a efetividade do tratamento. Uma avaliação precisa da adesão é fundamental para um adequado planejamento do tratamento. Este projeto de intervenção tem por objetivo avaliar a adesão ao regime terapêutico de pacientes com HIV/aids que fazem uso da terapia antirretroviral em um serviço público municipal de referência para sua microrregião. Os pacientes serão avaliados através de questionários com perguntas socioeconômicas e sobre o tratamento com antirretroviral. Após esta análise, será realizado um estudo comparativo com os resultados de exames de quantificação da carga viral plasmática e da quantificação de CD4 encontrado nos prontuários desses pacientes. A adesão ao tratamento antirretroviral por pessoas HIV/aids está associada às variáveis demográficas e psicossociais. As variáveis clínicas como a carga viral e células CD4 podem apresentar associação significativa com a não adesão. A compreensão de aspectos associados à adesão é o primeiro passo para o seu manejo e superação. Através dos resultados a serem encontrados com relação aos não aderentes, serão implementadas as estratégias de intervenção pertinentes para uma maior adesão. O monitoramento da adesão e o acompanhamento do paciente identificam aqueles com dificuldades para aderir à terapia antirretroviral, proporcionando o planejamento de ações adequadas e oportunas para melhorar a efetividade do tratamento e, por consequência, melhorar a qualidade de vida desses pacientes.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6670
Other Identifiers: 20162011215
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC UFRN.pdfAVALIAÇÃO DA ADESÃO AO REGIME TERAPÊUTICO DE PESSOAS COM HIV/AIDS FAZENDO USO DA TERAPIA ANTIRRETROVIRAL EM UM SERVIÇO AMBULATORIAL ESPECIALIZADO DE PONTA PORÃ - MS488.6 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.