Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6658
Title: Melhora da adesão do tratamento de HIV/aids em pacientes dependentes químicos.
Authors: Santos, Luciana Pedrosa Arantes Felicio dos
Keywords: adesao medicamentosa de antirretrovirais;HIV/AIDS
Issue Date: May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Luciana Pedrosa Arantes Felício dos; BRITO, Ewerton William Gomes (Orient.). Melhora da adesão do tratamento de HIV/aids em pacientes dependentes químicos. 2017. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Os serviços de saúde para usuários portadores de HIV/aids contabilizam um grande número de abandonos de tratamento por parte de pacientes que utilizam algum tipo de droga, licita ou ilícita, como álcool e drogas entorpecentes. Este trabalho tem como objetivo promover o aumento da adesão medicamentosa de antirretrovirais em portadores de HIV/aids usuários de drogas entorpecentes e etilistas. Trata-se de um projeto de intervenção realizado na cidade de Três Pontas/MG. O cenário envolve o serviço de atendimento especializado do município, que realiza ações de assistência, prevenção e tratamento das pessoas vivendo com HIV ou aids. Inicialmente, realizar-se-á a busca ativa de usuários através de coletas de informações nos prontuários médicos de consultas anteriores, em consultas médicas atuais e no sistema de informação de dispensação utilizado pela Unidade Dispensadora de Medicamentos (UDM) do Serviço de Atendimento Especializado (SAE). Os usuários participantes do projeto serão contatados por telefone pela assistente social do programa, que solicitará o retorno deles às consultas médicas. O acompanhamento da adesão medicamentosa será realizado pela farmacêutica da UDM por um período de seis meses. Os usuários serão orientados a respeito do risco da mistura de medicamentos e drogas e encaminhados, quando for o caso, para avaliação e tratamento com psiquiatras, psicólogos, grupos de apoio ou internação de dependentes químicos. Compreender as dificuldades encontradas por esses pacientes nos ajudam a abordar essa questão de abandono de tratamento de uma maneira coletiva, abrangendo as dificuldades para outras parcelas da população portadora de HIV/aids.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6658
Other Identifiers: 20162012310
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc Luciana Pedrosa finalizado.docx122.87 kBMicrosoft Word XMLView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.