Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6651
Title: Roda de conversa e educação à saúde: Promoção à saúde das puérperas internadas em uma maternidade pública do município de Natal, RN.
Authors: Queiroz, Janice França de
Keywords: educação em saúde, puérperas, DST
Issue Date: 5-May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: QUEIROZ, Janice França; OLIVEIRA, Angelo Giuseppe Roncalli da Costa (Orient.). Roda de conversa e educação à saúde: Promoção à saúde das puérperas internadas em uma maternidade pública do município de Natal, RN. 2017. 21f. Projeto de Intervenção. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Políticas públicas, ações de promoção e educação em saúde para as DST/Aids/Hepatites Virais e Tuberculose são desenvolvidas pelo SUS. As rodas de conversa, através do ensino-aprendizagem, construção dialógica, produzem conhecimentos coletivos considerando o contexto sociocultural do usuário, tornando-os protagonistas do seu processo de doença. Através da educação em saúde, objetivamos promover novos hábitos, atitudes e comportamentos com relação às DST, Aids, Hepatites Virais e Tuberculose às puérperas e acompanhantes adentradas na enfermaria da obstetrícia 01 da Maternidade Escola Januário Cicco. No período de janeiro a dezembro de 2016, foram realizadas rodas de conversa, durando de 40 a 60 min cada, sendo um encontro semanal. Facilitadores: psicólogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais, enfermeiros, farmacêuticos, médicos, residentes e estagiários. As rodas de conversa foram realizadas dentro ou no corredor da enfermaria. Utilizou-se materiais lúdicos, informativos, ficha de registro e preservativos para abordar temas correlativos às DST, Aids, Hepatites Virais e Tuberculose. No total, foram realizadas 23 rodas de conversa, com participação de 16 profissionais, 204 pacientes e acompanhantes. Observamos que a maioria dos participantes é do interior do RN, com baixa escolaridade e nível intelectual. Através das ações, houve empoderamento, ressignificação dos saberes e aprendizado dos usuários sobre os temas desenvolvidos, possibilitando mudanças de hábitos e comportamentos. Para os profissionais, estas possibilitaram a integração ensino-serviço-comunidade. Entretanto, percebemos carência dos usuários sobre o conhecimento dos conteúdos trabalhados.Sendo assim, no intuito de dar continuidade às atividades, objetiva-se desenvolver cartilhas informativas, envolver o parceiro nas ações educativas, a fim de diminuir as infecções nas mulheres puérperas e na morbimortalidade materno–perinatal.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6651
Other Identifiers: 20162018969
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC final- Especialização DST, HIV e Tuberculose.docxTCC- Especialização- Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose1.31 MBMicrosoft Word XMLView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons