Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6648
Title: Prevenção combinada- Eu falo sobre.
Authors: Oliveira, Débora Kelly Santos de
Keywords: Prevenção combinada, estratégias, vulnerabilidade;Combined prevention, strategies, vulnerability
Issue Date: May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Débora Kelly Santos de; NETO, Renato Motta (Orient.). Prevenção combinada- Eu falo sobre. 2017. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A prevenção da aids tem como principais pontos a serem levados em consideração: uso de preservativos em todas as relações sexuais, diagnóstico e tratamento do paciente infectado pelo HIV o mais precocemente possível e a necessidade de manter a sociedade informada acerca do risco de aquisição do HIV e das consequências futuras desse fato. Precisamos, mais do que nunca, falar sobre aids. Políticas baseadas na oferta conjunta e na complementaridade entre os métodos, na atenção aos aspectos psicossociais que interferem no seu uso e na redução das barreiras estruturais de acesso poderão ter maior impacto na incidência, especialmente se forem planejadas e implantadas com participação e mobilização social. Novas estratégias de prevenção surgem como ferramentas complementares no enfrentamento da epidemia de HIV ampliando a gama de opções que os indivíduos terão para se prevenir contra o vírus e oferecendo mais alternativas – cientificamente eficazes – em relação à única opção disponível até pouco tempo: o preservativo. Visando contribuir com as ações de prevenção, acolhimento, aconselhamento e diagnóstico precoce, faz-se necessário criar espaços de discussão e construção coletiva para práticas de saúde, orientadas à integralidade, bem como realizar atividades voltadas especificamente para a inclusão dos segmentos de populações mais vulneráveis, guiadas pelo respeito aos direitos humanos, com abordagens voltadas para a redução das vulnerabilidades individuais, sociais e pragmáticas. A combinação dessas intervenções visa reduzir as lacunas dos métodos de prevenção clássicos ao ofertar outros métodos, além da identificação do estado sorológico precoce para iniciar o tratamento antirretroviral oportunamente, como forma de prevenção de novos casos e de melhoria da qualidade de vida das pessoas que já vivem com HIV/aids. O melhor método (ou métodos) será aquele que for adequado à situação e ao contexto de cada indivíduo e de suas parcerias sexuais ao longo da vida, especialmente se este for escolhido de forma autônoma e informada.
Abstract: AIDS prevention has the following main points to consider: use of condoms in all sexual relations, diagnosis and treatment of HIV-infected patients as early as possible and the need to keep the society informed about the risk of acquiring HIV And the future consequences of this. We need more than ever to talk about AIDS. Policies based on joint provision and complementarity between methods, attention to psychosocial aspects that interfere with their use and reduction of structural barriers to access may have a greater impact on incidence, especially if planned and implemented with social participation and mobilization. New prevention strategies emerge as complementary tools in coping with the HIV epidemic by broadening the range of options individuals will have to prevent the virus and offering more - scientifically effective - alternatives to the only option available until recently: the condom. Aiming to contribute to the prevention, reception, counseling and early diagnosis actions, create spaces for discussion and collective construction for health practices oriented towards integrality and carry out activities specifically aimed at including the most vulnerable segments of the population guided by respect for human rights, with approaches Aimed at reducing individual, social and pragmatic vulnerabilities are considered subjective of prevention. The combination of these interventions aims to reduce the gaps in traditional prevention methods by offering other prevention methods, as well as identifying the early serological status to initiate antiretroviral treatment in a timely manner, as a way to prevent new cases and improve people's quality of life Who already live with HIV / AIDS. The best method (s) will be the one that is appropriate to the situation and context of each individual and his / her sexual partners throughout life, especially if it is chosen in an autonomous and informed manner.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6648
Other Identifiers: 20162007651
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC ESPECIALIZAÇÃO_FINAL.pdf179.25 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons