Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6607
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLucas, Marcia Cavalcante Vinhas-
dc.contributor.authorSantos, Claisson Jodel dos-
dc.date.accessioned2018-06-17T14:38:34Z-
dc.date.available2018-06-17T14:38:34Z-
dc.date.issued2017-04-05-
dc.identifier20162009450pr_BR
dc.identifier.citationSANTOS, Claisson Jodel dos; LUCAS, Márcia Cavalcante Vinhas (Orient.). Implantação de protocolos assistenciais para o cuidado compartilhado entre o serviço especializado e a atenção básica às pessoas vivendo com HIV/aids. 2017. 16f. Projeto de Intervenção. (Especialização em Gestão em HIV/Aids/Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6607-
dc.description.sponsorshipMinistério da Saúdepr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectprotocolos assistenciais, cuidado compartilhado, pessoas vivendo com HIV/Aidspr_BR
dc.titleImplantação de protocolos assistenciais para o cuidado compartilhado entre o serviço especializado e a atenção básica às pessoas vivendo com HIV/aids.pr_BR
dc.title.alternativeImplementation of assistance protocols for care shared between the specialized service and the basic attention of persons living with HIV/AIDSpr_BR
dc.typepostGraduateThesispr_BR
dc.description.resumoOs protocolos são ferramentas que contribuem para a sistematização da assistência, favorecendo a melhoria dos processos na busca pela excelência do cuidado. O presente projeto de intervenção tem por objetivo implantar protocolos assistenciais para promoção do cuidado compartilhado às pessoas vivendo com HIV/aids (PVHA) entre o serviço especializado e a atenção básica.O trabalho será desenvolvido no município de Capão da Canoa/RS, que dispõe em sua rede de serviços de saúde de 09 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 01 Serviço de Atendimento Especializado (SAE) responsável pelas PVHA. As atividades de intervenção serão realizadas nas UBS, onde serão apresentadas, discutidas e adequadas propostas de fluxogramas e protocolos, utilizando-se material didático produzido localmente, em atividades facilitadas por profissionais do SAE, em 06 encontros teórico-práticos com duração de 05 horas/aula cada um. O público da intervenção serão os (as) médicos (as) e os (as) enfermeiros (as) das UBS. Espera-se que após a definição dos fluxogramas e protocolos de atendimento e da capacitação dos profissionais de saúde tenhamos incremento em relação às atividades de prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde ofertadas às pessoas vivendo com HIV/aids atendidas no município.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentCurso de Especialização sobre Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculosepr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.subject.cnpqCiências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Públicapr_BR
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Projeto de Intervenção completo.docArtigo principal555 kBMicrosoft WordView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.