Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6601
Title: Descentralização das ações em DST/AIDS e hepatites virais na atenção básica do município de São Francisco do Guaporé/RO.
Authors: Fernandes, Pryscilla Mayara Alves
Keywords: descentralização, doenças sexualmente transmissíveis e universalidade
Issue Date: May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERNANDES, Pryscilla Mayara Alves; ARAÚJO, Lavínia Uchôa Azevedo de (Orient.). Descentralização das ações em DST/AIDS e hepatites virais na atenção básica do município de São Francisco do Guaporé/RO. 2017. 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização sobre Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A descentralização das políticas de DST/AIDS apresenta grande desafio para controle e diminuição das doenças sexualmente transmissíveis. Considerando os cenários com necessidades diferenciadas de cada município, as ações e estratégias devem ser criadas avaliando o perfil de cada localidade. Faz-se necessária a estruturação de uma rede de cuidados capaz de identificar as diferentes necessidades, tendo em vista o aumento de número de pessoas em tratamento para as DST/AIDS. O presente projeto de intervenção tem como objetivo descentralizar as ações do Programa de DST/Aids e Hepatites Virais no município de São Francisco do Guaporé/RO, oportunizando que todas as equipes da Estratégia Saúde da Família possam desenvolver diagnóstico e assistência em sua área de abrangência. Na metodologia, estão descritos o cenário do projeto de intervenção, os elementos deste projeto, considerando metas, ações e prazos para execução das ações, as potencialidades e fragilidades para execução do projeto e formas de monitoramento e avaliação. Com este projeto, espera-se que as ações do Programa de DST/Aids e Hepatites Virais do município de São Francisco do Guaporé/RO sejam descentralizadas, desafogando o serviço e dividindo as responsabilidades entre os setores da epidemiologia e das Equipes de Saúde da Família, além de permitir que todos possam desenvolver suas ações, sendo responsáveis pelos seus pacientes, com oferta de teste rápido, consulta de profissional de nível superior e insumos como preservativos em todas as unidades de saúde do município.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6601
Other Identifiers: 20162010746
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pryscilla.docARTIGO COMPLETO139 kBMicrosoft WordView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.