Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6588
Título: Efeitos da Implantação de Manutenções Preventivas na Produtividade - Indústrias Becker
Autor(es): Germano, Arthur
Palavras-chave: Manutenção preventiva;Disponibilidade;Confiabilidade
Data do documento: 1-Jun-2018
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: Germano, A. O. Efeitos da implantação de manutenções preventivas na produtividade - Indústrias Becker. 2018. 59 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal-RN, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: Diante do desenvolvimento tecnológico, as empresas buscam medidas e estratégias para se manterem no mercado. O surgimento de máquinas cada vez mais rápidas, mais complexas e mais leves, levam a adoção de políticas, que buscam sempre um aumento na produtividade e redução nos custos da produção de um determinado produto. O papel da atividade de manutenção industrial na busca desses objetivos é um fator relevante no sucesso empresarial. A manutenção preventiva é uma delas, voltada para evitar que a falha ocorra através de manutenções em intervalos de tempo pré-definidos. Sendo assim, ela visa eliminar ou reduzir ao máximo o número de falhas por manutenção através da limpeza, lubrificação, substituição de peças e verificação das instalações dos equipamentos, que sofrem esse tipo de intervenção a partir de um planejamento prévio das ações tomadas. Este trabalho, visa analisar os efeitos que a implantação da manutenção preventiva causa sobre a produtividade de uma envasadora gravimétrica automática B108 presente nas Indústrias Becker, com base nos índices de confiabilidade, disponibilidade e taxa de falhas. Com relação a metodologia, a pesquisa se caracteriza como descritiva e quantitativa e com estratégia de estudo de caso, onde foi utilizado como instrumento um banco de dados para coleta de informações e cálculo de indicadores de desempenho da manutenção por meio de planilhas eletrônicas. Os resultados mostraram que o efeito da manutenção preventiva sobre a produtividade da máquina foi bom, pois houve um aumento de mais de 50% na produção. Quanto aos indicadores apresentaram uma melhora ao longo do tempo, a disponibilidade apresentou médias acima de 95% em todos os meses, enquanto a taxa de falha houve uma redução de 75,06% e aumento na confiabilidade de 46,72%, indicando desta forma uma melhoria do cenário da máquina quanto ao histórico de falhas.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6588
Aparece nas coleções:Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Arthur Oliveira Germano .pdfTrabalho de Conclusão de Curso de Engenharia Mecânica1,59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.