Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6565
Title: Alterações fonoaudiológicas em pessoas vivendo com HIV/AIDS do Casa Dia – Belém/PA.
Authors: Lucena, Silvia Letícia Caldeira
Keywords: Co-infecção. Sequelas. Reabilitação. Atuação fonoaudiológica.
Issue Date: May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LUCENA, Silvia Letícia Caldeira; FERREIRA, Maria Ângela Fernandes (Orient.). Alterações fonoaudiológicas em pessoas vivendo com HIV/AIDS do Casa Dia – Belém/PA. 2017. 19 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O Centro de Atenção em Doenças Infecciosas Adquiridas-CASA DIA é responsável pelo tratamento ambulatorial das pessoas que vivem com HIV/aids-PVHA residentes no município de Belém-Pa. Temos constatado no centro um quantitativo expressivo de pessoas que apresentam coinfecções que por vezes atingem o sistema nervoso central, deixando sequelas que resultam em limitações variadas, desde alterações na locomoção, perda de funções, alterações na comunicação oral, mastigação, deglutição e funções cognitivas (como atenção, concentração, memória, processamento da informação e linguagem).A referida proposta tem como objetivoidentificar e descrever as alterações fonoaudiológicas mais frequentes que acometem os pacientes do CASA DIA. Inicialmente será feito um levantamento das patologias que estão influenciando e alterando o desempenho adequado da fala, voz, deglutição e respiração dos pacientes atendidos na CASA DIA.A coleta desses dados será realizada através de uma anamnese bem detalhada e uma avaliação minuciosa. Com base na alteração encontrada no paciente, é realizado um projeto terapêutico específico para a problemática de cada um, e iniciadas as sessões de fonoterapia, com o objetivo de reabilitar as funções alteradas, proporcionando ao usuário uma sensível melhora na qualidade de vida. Diante das situações encontradas, será construído um protocolo de atendimento fonoaudiológico das alterações que afetam a cavidade oral, a fala e a voz; das alterações cognitivas, como atenção, percepção, concentração, memória, processamento da informação e linguagem; e das alterações nas funções de mastigação, deglutição e respiração. A avaliação da efetividade proporcionada pelo projeto de intervenção da fonoaudiologia junto aos pacientes, atuando na reabilitação das funções alteradas, pode ser obtida através da melhora dos pacientes relatadas por estes, dentro do possível, bem como nas evoluções de seus prontuários, verificando os relatos dos demais profissionais que os acompanham. Particularmente, durante a progressão das sessões os pacientes passam a relatar uma melhora sempre crescente em qualidade de vida. A abordagem fonoaudiológica nas PVHA propicia uma compreensão adicional dos processos, alterações e manejo específico, além da possibilidade de reabilitação, bem como, abre caminhos para áreas de território inexplorado.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6565
Other Identifiers: 20162007070
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROJETO SILVIA (1).docxARTIGO PRINCIPAL90.01 kBMicrosoft Word XMLView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.