Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6549
Title: Proposta de educação permanente em saúde sobre precauções padrão e precauções de aerossóis para os profissionais de enfermagem do Hospital Municipal São Francisco de Assis Santana do Araguaia-Pará.
Authors: Queiroz, Augusto Frederico Pereira
Keywords: Saúde do trabalhador, Educação continuada e Tuberculose.
Issue Date: Apr-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: QUEIROZ, Augusto Frederico Pereira; FERREIRA, Maria Angela Fernandes (Orient.). Proposta de educação permanente em saúde sobre precauções padrão e precauções de aerossóis para os profissionais de enfermagem do Hospital Municipal São Francisco de Assis Santana do Araguaia-Pará. 2017. 15. Projeto de Intervenção. (Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A rotina dos trabalhadores de enfermagem, em especial no ambiente hospitalar, representa exposição a riscos ocupacionais intrínsecos ao processo de trabalho. Sempre que há presença de risco, faz-se necessária a adoção de medidas de proteção individuais ou coletivas. Isso implica programar mudanças no ambiente de trabalho e, quando estas são inviáveis tecnicamente, torna-se obrigatório o uso de Equipamentos de Proteção Individual – EPIs e Equipamentos de Proteção Coletiva - EPC, como meio de controle do risco no local de trabalho. Nesse contexto, os trabalhadores potencialmente expostos necessitam ter ciência da presença dos fatores de risco em seu ambiente laboral, possuir instrumentalização e ter atitude proativa acerca dos mesmos, na perspectiva de evitar agravos para sua saúde. Sendo assim, este projeto de intervenção tem como objetivo geral desenvolver uma proposta de educação, fortalecer as práticas de realização das rotinas de precaução padrão, precaução de contato e precaução de aerossóis e a utilização de forma efetiva dos EPIs baseada nas necessidades observadas diante dos riscos de complicações no quadro de saúde dos trabalhadores de enfermagem do Hospital Municipal São Francisco de Assis – HMSFA. A proposta deste projeto de intervenção baseia-se na necessidade de aprimoramento do cuidado com os pacientes admitidos nesta instituição. Para tanto, os trabalhadores envolvidos com a proposta serão os profissionais de enfermagem (07 enfermeiros e 27 técnicos), os quais estão em contato direito com todos os pacientes desde o momento de sua admissão até a alta médica. Espera-se, com esse projeto, enfatizar para estes trabalhadores a importância do uso obrigatório de EPI e das rotinas sobre precauções de contato, apresentar um diagnóstico da situação de segurança aos quais estes estão expostos, propor soluções preventivas e encaminhar sugestões para gestores do município, com vistas à redução no número de casos de acidentes de trabalho e, consequentemente, dos números de atestados médicos.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6549
Other Identifiers: 03868019677
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PropostaEducacaoPrecaucoesAerossois_Queiroz_2017.pdf366.14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.