Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6535
Title: Processo de descentralização e implementação dos testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites virais nas Unidades Básicas de Saúde no município de Itapema/SC.
Authors: Mariani, Kátia
Keywords: AIDS, IST, DIAGNOSTICO PRECOCE.
Issue Date: May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARIANI, Katia; SOUZA, Diego Leandro Bezerra de (Orient.). Processo de descentralização e implementação dos testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites virais nas Unidades Básicas de Saúde no município de Itapema/SC. 2017. 13 f. Projeto de Intervenção (Especialização em Gestão em HIV/Aids/Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este projeto consiste na construção de uma rede de cuidados que assegure à população em geral o direito ao diagnóstico precoce, sendo primordial que a qualificação do profissional se institua na sua rotina para que amplie o acesso ao diagnóstico do Vírus da Imunodeficiência Humana, da sífilis e hepatites virais em tempo oportuno na Atenção Básica, visando favorecer o processo de descentralização do cuidado das pessoas vivendo com essa doença, criando um vínculo com o portador e a unidade básica de saúde. Uns dos entraves para que a mortalidade e a morbidade dessa enfermidade diminua são o diagnóstico e o tratamento tardios. Problemas e desafios tensionam o processo, bem como oportunidades perdidas nas rotinas do trabalho, entre outros aspectos que potencializam o processo de descentralização, são evidenciados na lógica de trabalho sob os princípios do SUS e da Saúde da Família, compreendendo a atenção básica como porta de entrada do sistema, sob os princípios de integralidade e de longitudinalidade do cuidado, que corresponde à necessidade de continuidade quando o usuário é inserido na rede na qual a prevenção e a assistência necessitam ser aperfeiçoadas. A inclusão da testagem rápida na atenção básica é um desses benefícios a serem instituídos na rede como um todo para que ocorra diminuição da transmissão do Vírus da Imunodeficiência Humana, sífilis e hepatites virais.
Abstract: This project consists in the construction of a network of care that assures the population in general the right to early diagnosis, and it is essential that the professional qualification and institute in their routine to increase access to the diagnosis of HIV, syphilis and viral hepatitis in the General population in a timely manner in the Basic Attention to favor the process of decentralization of the care of the people living with HIV creating a bond with the bearer and the basic unit of health. One of the barriers to decreasing mortality and morbidity in HIV is late diagnosis and treatment. Problems and challenges in the process, as well as missed opportunities in work routines, among other aspects that potentiate the decentralization process are evidenced in the work logic under the SUS principles and the health of the family, including basic care as a gateway to the system. Under the principles of integrality and longitudinality of care, which corresponds to the need for continuity when the user is inserted in the network in which needs to be improved prevention and care. The inclusion of rapid testing in primary care is one of these benefits to be instituted in the network as a whole to reduce the transmission of HIV / SIFILIS / HEPATITE VIRAL.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6535
Other Identifiers: 83760
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC katia final.docxTCC ESPECIALIZAÇÃO97.24 kBMicrosoft Word XMLView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons