Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6532
Title: Descentralização dos testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C para atenção primária de saúde no município de Sabará como estratégia no diagnóstico precoce.
Authors: Bueno, Ana Luiza Oliveira
Keywords: Descentralização, Atenção Primária à Saúde, Testes sorológicos; diagnóstico sorológico.
Issue Date: 1-Sep-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BUENO, Ana Luíza Oliveira; BRITO, Ewerton William Gomes (Orient.). Descentralização dos testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C para atenção primária de saúde no município de Sabará como estratégia no diagnóstico precoce. 2017. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização sobre Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O diagnóstico do HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), sífilis e hepatites tipo B e C pode ser realizado através de testes rápidos, cada vez mais utilizados por se tratar de uma estratégia de grande efetividade, ter baixo custo e capacidade de promover a melhoria no acesso ao diagnóstico e tratamento dos infectados. Dada a sua importância, este trabalho tem como objetivo promover a descentralização de testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C para Atenção Primária de Saúde no município de Sabará/MG. Trata-se de um plano de intervenção proposto para um município localizado na região metropolitana de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. A rede de serviços de saúde é constituída por 20 Unidades Básicas de Saúde, sendo apenas 07 Estratégias de Saúde da Família (ESF), 01 hospital de pequeno porte, 1 Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas e 1 maternidade ainda em construção, 1 Centro de Especialidades Médicas e 1 Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). O plano tem como principais estratégias: a) sensibilização dos gestores e profissionais sobre a importância da descentralização dos testes rápidos para as unidades básicas; b) identificação dos profissionais que serão capacitados para realização da testagem rápida; c) adaptação do fluxograma de atendimento para realização dos testes nas unidades básicas; d) organização de uma capacitação juntamente com a equipe do CTA Sabará; d) discussão sobre a organização dos serviços e a inserção do teste rápido na rotina das unidades; e) capacitação teórico-prática dos profissionais; f) envio dos kits de testes rápidos e todos impressos necessários para as unidades de saúde. Espera-se, com a descentralização dos testes rápidos para Atenção Primária de Saúde, beneficiar toda população adstrita através da realização de diagnósticos e tratamentos dentro da própria unidade de saúde, reduzindo as taxas de transmissão das doenças, assim como a morbimortalidade materna e infantil.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6532
Other Identifiers: 20162012179
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc ana luiza.docARTIGO PRINCIPAL104 kBMicrosoft WordView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.