Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6528
Title: Capacitação em vigilância epidemiológica das IST/HIV/AIDS, hepatites virais e tuberculose para profissionais da atenção básica do município de Não-Me-Toque/RS.
Authors: Pivetta, Alessandra
Keywords: vigilância epidemiológica;notificação de doenças;capacitação
Issue Date: 4-Apr-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PIVETTA, Alessandra; LUCAS, Márcia Cavalcanti Vinhas (Orient.). Capacitação em vigilância epidemiológica das IST/HIV/AIDS, hepatites virais e tuberculose para profissionais da atenção básica do município de Não-Me-Toque/RS. 2017. 14 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização sobre Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A capacidade de contar com informações capazes de subsidiar o conhecimento da situação de saúde demanda estratégias que possibilitem acelerar o processo de consolidação de informações em saúde, sendo a integração dos dados dos sistemas de informação um importante instrumento para a melhoria da qualidade das ações de saúde e conhecimento da realidade. Este projeto de intervenção tem por objetivo capacitar profissionais de saúde da Atenção Básica do município de Não-Me-Toque sobre a vigilância epidemiológica das IST/HIV/aids, hepatites virais e tuberculose para estimular uma visão integrada dos diversos processos da vigilância epidemiológica, desenvolver competências para notificar, discutir e organizar o processo de trabalho e utilizar as informações geradas a partir da vigilância. A intervenção será desenvolvida nas sete unidades básicas de saúde do município. A capacitação será dividida em três módulos, nos quais serão discutidas leis, portarias, protocolos, fichas de notificação, em atividades individuais, em grupo e plenárias. A capacitação será desenvolvida durante um mês. O resultado esperado da intervenção é o desenvolvimento de habilidades, interesse e comprometimento em relação às etapas da vigilância epidemiológica dos agravos em questão, para qualificação dos dados epidemiológicos existentes. Acredita-se que é possível reorganizar os serviços de saúde fornecendo subsídios aos profissionais de saúde sobre a importância de buscar novos conhecimentos e proporcionar uma melhor qualidade de assistência prestada.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6528
Other Identifiers: 1633
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PI Alessandra 03 de abril (1) (1).docxArtigo principal103.83 kBMicrosoft Word XMLView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons