Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6515
Title: Mulheres HIV positivas: estratégias para aumentar a adesão ao tratamento e para a prevenção da transmissão vertical no serviço de referência do município de Maceió/AL.
Authors: Calheiros, Elaine Cristina Beserra
Keywords: Transmissão vertical, tratamento, gestantes, HIV
Issue Date: May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CALHEIROS, Elaine Cristina Beserra; MELO, Maria Celeste Nunes (Orient.). Mulheres HIV positivas: estratégias para aumentar a adesão ao tratamento e para a prevenção da transmissão vertical no serviço de referência do município de Maceió/AL 2017. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O crescimento de casos de aids entre mulheres acarretou um aumento das taxas de transmissão materno-infantil do vírus do HIV. O envolvimento dos serviços de saúde e do paciente é essencial para que os protocolos de profilaxia da transmissão vertical sejam executados com eficiência. A adesão das gestantes ao tratamento muitas vezes não ocorre de maneira satisfatória. Nesse sentido, será desenvolvido um projeto de intervenção cujo objetivo será elaborar estratégias para aumentar a adesão ao tratamento de mulheres HIV positivas e para a prevenção da transmissão vertical no serviço de referência do município de Maceió/AL. O projeto de intervenção será construído a partir da percepção da equipe multidisciplinar sobre o problema de adesão no serviço. As principais estratégias que serão adotadas incluem: criação de grupo de apoio para gestantes e puérperas, elaboração de fluxogramas de atendimento, realização de palestras para os profissionais de saúde, articulação com os gestores para garantia de linha telefônica para o serviço, transporte gratuito para os pacientes e abastecimento de fórmula láctea para as crianças expostas ao HIV, além da instituição de núcleo de monitoramento da adesão ao tratamento de profilaxia da transmissão vertical do HIV. Embora tenham acesso ao tratamento, a adesão de gestantes soropositivas ainda é um grande desafio para a saúde pública. Buscar compreender as dificuldades do período gestacional diante do diagnóstico do HIV, observando os aspectos socioeconômicos e culturais no qual estão inseridas estas usuárias, são informações de extrema importância para a construção de estratégias a fim de melhorar a adesão ao tratamento para prevenção da transmissão materno-infantil do vírus.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6515
Other Identifiers: 04306469417
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MulheresHIVpositivas_TCC.pdfTCC submetido ao Curso de Especialização sobre Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose. O trabalho foi realizado no serviço de referência do município de Maceió com mulheres HIV positivas visando aumentar a adesão ao tratamento de prevenção transmissão vertical 600.14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons