Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6512
Title: Reinventando vidas com HIV/aids: a adesão ao tratamento dos pacientes da Casa Dia em Belém/PA.
Authors: Moraes, Rita de Cássia Ferreira de
Keywords: Adesão, tratamento, adoecimento, abandono;Adhesion, treatment, illness, abandonment
Issue Date: 5-May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MORAES, Rita de Cássia Ferreira de; FERREIRA, Maria Ângela (Orient.). Reinventando vidas com HIV/aids: a adesão ao tratamento dos pacientes da Casa Dia em Belém/PA. 2017. 18 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O Centro de Atenção em Doenças Infecciosas Adquiridas-CASA DIA é responsável pela efetivação da política de combate à infecção por HIV-Aids em Belém, contando atualmente com 8.500 (oito mil e quinhentos) pacientes matriculados. Entretanto, percebe-se a pouca ou falta de adesão ao tratamento por parte de vários usuários, cuja condição de sobrevivência é deficitária.Este projeto tem por objetivo contribuir para a elevação do índice de adesão dos pacientes atendidos no centro ao tratamento de HIV/Aids. O projeto de intervenção constará de várias atividades, tais comopalestras com os técnicos do CASA DIA ou parceiros, onde será possível refletir com os usuários temas gerais sobre educação em saúde e a importância da adesão para manutenção da saúde e prevenção de agravos. As palestras serão dinâmicas e contarão com leitura de textos específicos de fácil compreensão e troca de ideais sobre o assunto abordado. Exposições audiovisuais possibilitarão a troca de informações e entendimentos, pois o material escolhido sempre trará uma temática de alguma forma relacionada ao tema central do projeto e ao público-alvo. Haverá também rodas de conversa com exibição de vídeos relacionados ao tema HIV/Aids e adesão, com a participação de representantes da sociedade civil organizada que militam no combate e prevenção da infecção, além de oficinas de artesanato com produção de trabalhos manuais, como bijuterias, sabonetes caseiros, dentre outros materiais. Antes de cada oficina será feito um momento de reflexão sobre a importância de manter-se saudável e a possibilidade de aquisição de novos conhecimentos. As atividades serão desenvolvidas nos espaços do centro e, especificamente, no auditório, sob a responsabilidade de técnicos em saúde deste serviço, em consonância com a especificidade de cada ação. Para tanto, contaremos com a equipe de técnicos, bem como, através de parcerias, com outros serviços da rede pública, como a Fundação Papa João XXIII-FUNPAPA, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer-SEGEL, a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) e a própria Secretaria Municipal de Saúde-(SESMA). A avaliação da eficácia do projeto se dará a partir de uma nova pesquisa junto ao SICLOM para a verificação do quantitativo de pacientes que efetivamente estão fazendo a retirada de suas medicações. A mobilidade observada em relação aos dados/índices do SICLOM indicará o aumento, ou não, da adesão ao tratamento (no sentido da TARV), em decorrência do desenvolvimento das ações do projeto. Através da execução deste projeto, espera-se uma melhoria dos índices de adesão ao tratamento por parte dos usuários, a partir da compreensão da necessidade da terapia, para a potencialização de estados de saúde saudáveis e plenos de possibilidades para os usuários, inclusive laborativas.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6512
Other Identifiers: 20162006814
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mono UFRN.pdfArtigo principal95.83 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.