Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6492
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCrives, Miranice Nunes dos Santos-
dc.contributor.authorFerreira, Bruno Rodrigues-
dc.date.accessioned2018-06-11T14:23:23Z-
dc.date.available2018-06-11T14:23:23Z-
dc.date.issued2017-05-
dc.identifier20162018870pr_BR
dc.identifier.citationFERREIRA, Bruno Rodrigues; CRIVES, Miranice Nunes dos Santos (Orient.). Implantação dos processos de planejamento participativo no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) em Anápolis/GO. 2017. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização sobre Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) –Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6492-
dc.description.sponsorshipMinistério da Saúdepr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectPLANEJAMENTO PARTICIPATIVO, SUS, GESTÃOpr_BR
dc.titleImplantação dos processos de planejamento participativo no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) em Anápolis/GO.pr_BR
dc.typepostGraduateThesispr_BR
dc.description.resumoTrata-se de um projeto de intervenção que propõe a implantação dos processos de planejamento participativo no Serviço de Atendimento Especializado (SAE), com vistas a incluir servidores e usuários nas políticas da unidade, estabelecendo uma ligação entre todos os agentes envolvidos na gestão, prestação de serviços e atendimentos da gestão da política de DST/Aids, hepatites virais, tuberculose e sífilis. O planejamento atual é realizado de forma centralizada, sem a participação de usuários e trabalhadores da saúde, sendo necessário, e importante, a criação de estratégias de implantação de uma gestão em DST/Aids, hepatites virais, tuberculose e sífilis que abranja uma perspectiva mais democrática e participativa, conforme as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). Para isso, o projeto se propõe a criar ferramentas organizacionais que permitam a participação de usuários e servidores no planejamento de ações do serviço. Além disso, é preciso criar as ferramentas para legitimar a participação desses protagonistas, bem como avaliar os processos implantados. Espera-se, assim, alcançar todos os envolvidos nas ações do SAE, incluindo-os nos processos de gestão e planejamento.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentCurso de Especialização sobre Gestão das Políticas de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculosepr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC-VERSAO-final-novo.pdfTCC Bruno Rodrigues Ferreira357.92 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons