Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6491
Title: Proposta para implantação de protocolo de atenção aos portadores de hepatites virais no município de Boa Vista/RR.
Authors: Barros, Jacqueline de Aguiar
Keywords: Protocolo, Hepatites Virais, Atenção Primária
Issue Date: 4-May-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BARROS, Jacqueline de Aguiar; FERREIRA, Maria Angela Fernandes (Orient.). Proposta para implantação de protocolo de atenção aos portadores de hepatites virais no município de Boa Vista/RR. 2017. 13 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Especialização em Gestão da Política de DST, AIDS, Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, pois é significativo o número de pessoas atingidas e não identificadas. Os profissionais que atuam na atenção básica devem estar aptos a informar/orientar, oferecer aconselhamento e testagem, identificar casos suspeitos, solicitar exames laboratoriais adequados, interpretá-los e realizar encaminhamento dos casos a serviços especializados, quando necessário. Portanto, a disponibilização de protocolos para os profissionais da atenção básica tem como objetivo aprimorar a assistência, favorecer o uso de práticas cientificamente sustentadas, minimizar a variabilidade das informações e condutas entre os membros da equipe de saúde, estabelecer limites de ação e cooperação entre os diversos profissionais, além de ser instrumentos legais. Assim, urge elaborar e implantar um protocolo de atenção aos portadores de hepatites virais para atenção básica do município de Boa Vista/RR. Para a construção do protocolo, será necessária a realização de oficina com os técnicos da Coordenação Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais do município de Boa Vista. A atividade terá como público-alvo os coordenadores de macro-área e profissionais que atuam na atenção básica do município de Boa Vista. Para a realização da oficina, serão utilizadas apresentações em powerpoint, para a exposição dialogada do conteúdo, caderno de estudo da oficina de implantação do protocolo, papel kraft e pincéis. As atividades propostas serão realizadas em grupos que terão um coordenador e um relator. Com base nas linhas guias da Secretaria Municipal de Saúde e adaptados à realidade da atenção primária à saúde de Boa Vista, serão elaborados fluxogramas de conduta das hepatites virais às hepatites virais e redação final do protocolo para ampla divulgação nas unidades básicas de saúde. Por fim, iremos elaborar uma matriz de gerenciamento do processo de implantação do protocolo com definição dos locais, períodos e responsáveis pelas ações propostas no protocolo e análise periódica de indicadores. Com a implantação de um protocolo de atenção aos portadores de hepatites virais, acredita-se que se intensificará um conjunto de ações de saúde, de caráter individual e coletivo, abrangendo promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde, a fim de atender a tão complexa e crescente demanda.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6491
Other Identifiers: 72064510206
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProjetoIntervencao_Barros_2017.pdf442.64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons