Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6489
Title: Ação estratégica para o enfrentamento do aumento do número de casos de sífilis congênita no município de Altamira/PA.
Authors: Lima, Antonio Carlos
Keywords: sífilis, sífilis congênita, plano de intervenção,ist.
Issue Date: Feb-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIMA, Antonio Carlos; FERREIRA, Maria Ângela (Orient.). Ação estratégica para o enfrentamento do aumento do número de casos de sífilis congênita no município de Altamira/PA. 2017. 22f. Projeto de Intervenção. (Especialização em Gestão em HIV/Aids/Hepatites Virais e Tuberculose – Educação a Distância) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: As Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) constituem um sério problema de saúde pública que acarreta danos sociais, econômicos e sanitários de grande repercussão às populações, especialmente entre mulheres e crianças. No Brasil, o número de casos notificados de sífilis na gestação tem aumentado a cada ano. Em 2013, foram notificados 21.382 desses casos no país, com uma taxa de detecção de 7,4 por mil nascidos vivos. No estado do Pará, a taxa de detecção de gestante vem subindo em paralelo a média nacional. Em 2015 a taxa de detecção de gestante com sífilis foi de 10,4/1000 gestantes, um pouco abaixo da média brasileira registrada no mesmo ano, que foi de 11,2/1000 gestantes. No município de Altamira, foi registrada uma das taxas mais altas comparando os dados da situação Brasil e o estado do Pará, sendo registrada no ano de 2015 uma taxa de detecção de sífilis em torno de 14,7/1000 gestantes. A taxa de incidência de casos de sífilis congênita no município de Altamira teve uma explosão nos anos de 2010 (com 6,8/1000), 2011 (com 11,5/1000) e 2013 (com 9,1/1000). Esse aumento das referidas taxas coincide com a implantação da construção da hidrelétrica de Belo Monte, que se deu a partir do ano de 2010, e a magnitude do problema exige uma intervenção. O objetivo deste trabalho é, através de um projeto de intervenção, reduzir o número de casos de sífilis congênita no serviço público do município de Altamira, através da implantação de um comitê de acompanhamento de casos de sífilis em gestante e neonatal, objetivando o acompanhamento integral de todos os casos diagnosticados. A intervenção será realizada no ano de 2017, na cidade de Altamira, e contará com seis etapas distintas: fórum de debate, publicação e divulgação, oficina para a implantação do comitê de acompanhamento, regimento interno e início das atividades do comitê. Falhas na implementação das medidas de controle precisam ser superadas e a busca de novas estratégias é fundamental para a diminuição dos casos que vêm aumentando a cada ano. A estratégia a ser executada neste plano de intervenção é exequível e poderá trazer bons resultados na redução dos casos de sífilis, em especial na eliminação da transmissão vertical desta doença.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6489
Other Identifiers: 60037768204
Appears in Collections:Especialização sobre Gestão das Políticas de DST/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons