Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6434
Title: Adesão ao tratamento não farmacológico de pessoas com excesso de peso atendidas em um ambulatório multidisciplinar
Authors: Lima, Yasmim Brena Moreira de
Keywords: Obesidade.;Adesão.;Atendimento ambulatorial.;Doenças Crônicas.
Issue Date: Mar-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIMA, Yasmim Brena Moreira de. Adesão ao tratamento não farmacológico de pessoas com excesso de peso atendidas em um ambulatório multidisciplinar. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Curso de Nutrição, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A obesidade vem ganhando espaço como um importante fator de risco relacionado ao aumento das Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT), e o controle dessa pandemia constitui-se um desafio mundial. Estratégias destinadas ao controle do ganho de peso como a dieta e exercício físico que envolvem a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos, tem sido consideradas ferramentas indispensáveis para o processo de perda de peso. No entanto, a adesão a tais estratégias por parte do indivíduo, comprova ainda mais o sucesso do tratamento. Neste sentido, o objetivo deste estudo consiste em verificar a adesão a um programa de tratamento da obesidade, do Ambulatório Multidisciplinar de Obesidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em uma amostra de pacientes. Participaram da pesquisa 69 indivíduos com média de idade de resultado 31,0 ± 7,9 e IMC 35,2 ± 4,9; 56,5% do gênero feminino os quais procuraram atendimento ambulatorial para perda de peso. Dos sujeitos do estudo, 56,5% era do gênero feminino. A metodologia de avaliação da adesão ao programa utilizou-se de um questionário semiestruturado, contendo perguntas de várias dimensões relacionadas à doença. A falta de tempo foi dita como a principal causa de não adesão ao tratamento da obesidade. O estudo mostrou que a adesão é um processo dinâmico, mas que necessita de profissionais capazes de interagir com a condição de saúde do indivíduo, uma vez que o aconselhamento e avaliação nutricional são de suma importância se realizados com frequência para garantir o processo de interação e monitoramento.
Abstract: Obesity has been gaining ground as an important risk factor related to the increase in chronic noncommunicable diseases (CNCD), and the control of this pandemic constitutes a worldwide challenge. Strategies aimed at controlling weight gain such as diet and exercise that involve improving the quality of life of individuals have been considered indispensable tools for the weight loss process. However, adherence to such strategies on the part of the individual further proves the success of the treatment. In this sense, the objective of this study is to verify adherence to a program of treatment of obesity, from the Multidisciplinary Outpatient Clinic of Obesity of the Federal University of Rio Grande do Norte, in a sample of patients. Participants were 69 individuals with a mean age of 31.0 ± 7.9 and a BMI of 35.2 ± 4.9; 56.5% of the female gender who sought ambulatory care for weight loss. Of the subjects in the study, 56.5% were female. The methodology for assessing adherence to the program was based on a semi-structured questionnaire containing questions of various dimensions related to the disease. The lack of time was said to be the main cause of non-adherence to the treatment of obesity. The study showed that adherence is a dynamic process, but it requires professionals capable of interacting with the individual's health condition, since nutritional counseling and evaluation are of paramount importance if they are performed frequently to guarantee the interaction process and monitoring.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6434
Other Identifiers: 2011092621
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adesãotratamentonãofarmacológico_2017_Trabalho de Conclusão de Curso Texto Completo396,8 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.