Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6348
Title: Fatores de motivação dos colaboradores do sindicato dos oficiais alfaiates, costureiras e trabalhadores na indústria de confecção de roupas no estado do Rio Grande do Norte
Authors: Felipe, Jorgean Lucas das Chagas
Keywords: Motivação;Trabalho;Oficiais alfaiates;Costureiras
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FELIPE, Jorgean Lucas das Chagas. Fatores de motivação dos colaboradores do sindicato dos oficiais alfaiates, costureiras e trabalhadores na indústria de confecção de roupas no estado do Rio Grande do Norte. 2017. 84f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O estudo em questão teve como objetivo analisar os fatores determinantes para a motivação dos colaboradores do sindicato dos oficiais alfaiates, costureiras e trabalhadores na indústria de confecção de roupas no estado do Rio Grande do Norte. Partiu-se da hipótese de que a motivação no trabalho está relacionada ao reconhecimento, as expectativas, as perspectivas de crescimento pessoal e profissional e as recompensas e benefícios que o indivíduo espera receber da organização em que atua. As fontes utilizadas para o desenvolvimento deste trabalho foram à pesquisa bibliográfica e a coleta de dados por meio de entrevista e questionário aplicados aos colaboradores. A pesquisa caracteriza-se como quantitativa e qualitativa. Os temas abordados foram: a conceituação da motivação, a motivação no trabalho, as teorias clássicas e contemporâneas sobre motivação. Pôde-se averiguar que a maior parte dos colaboradores tem variação positiva nos seus níveis de motivação nos seguintes quesitos associados à organização: condições de trabalho; trabalho em si; relacionamento com colegas; salário e os serviços que a organização presta ao público alvo.O destaque negativo ficou por conta da coerência no trato diário do gestor para com os colaboradores, devido ao fato de que, com apenas uma exceção, todos os demais indivíduos apontaram esse elemento como redutor motivacional no sindicato.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6348
Other Identifiers: 2012908677
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JorgeanLCF_Monografia.pdfMonografia1.52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.