Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6309
Title: Gestão de pessoas por competências: uma avaliação do modelo implantado no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte – TRE/RN na percepção dos membros do Comitê de implantação
Authors: Azevedo, Manuella Mendes de
Keywords: Gestão por competências;Administração pública;Gestão de pessoas
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: AZEVEDO, Manuella Mendes de. Gestão de pessoas por competências: uma avaliação do modelo implantado no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte – TRE/RN na percepção dos membros do Comitê de implantação. 2017. 76f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O presente estudo tem como objetivo avaliar o modelo de gestão de pessoas implantado no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande e assim contribuir para a ampliação do número de trabalhos que visem identificar e analisar os resultados gerados pela gestão por competências em Instituições do setor público de modo a entregar melhores serviços para a sociedade. Quanto a metodologia, a pesquisa se caracteriza como estudo de caso, de natureza exploratória e qualitativa, tendo como técnica de coleta de dados a entrevista semiestrutura com os membros do Comitê de Implantação. Para a análise dos resultados, foi realizada a técnica de análise de conteúdo, classificando as informações coletadas em cinco principais categorias de análise: alinhamento com as estratégias organizacionais, resultados positivos, sugestões e críticas, desafios e por fim, próximo passos. Os resultados mostraram que embora a gestão de pessoas por competências esteja na fase inicial de implantação no Tribunal, há percepção de resultados positivos acerca do nível de alinhamento do modelo com a estratégia organizacional, melhoria na motivação e interesse do servidor na busca por capacitação, o qual passou a se sentir mais valorizado e reconhecido a partir de práticas de seleção por competências. Entretanto, foram mencionados os desafios de consolidar o modelo sem um constante apoio e incentivo da alta administração e alinhar o plano de capacitação com as lacunas de competências existentes. Diante do estudo, conclui-se que o modelo está no caminho certo, sendo fundamental a continuidade das práticas de sensibilização e gestão para obter ainda melhores resultados.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6309
Other Identifiers: 2014077487
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ManuellaMA_Monografia.pdfMonografia1.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.