Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6159
Title: Atuação do assistente social diante do luto: uma estratégia de humanização da saúde direcionada à mulher com perda gestacional e/ou neonatal na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC)
Authors: Lima, Jessyca Lorena de Oliveira Teixeira
Keywords: Luto materno;Humanização;Saúde;Serviço social;Readaptação
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIMA, Jessyca Lorena De Oliveira Teixeira. Atuação do assistente social diante do luto: uma estratégia de humanização da saúde direcionada à mulher com perda gestacional e/ou neonatal na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC). 2017. 83 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Serviço Social). Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Costuma-se pensar a maternidade quase sempre relacionada à vida, ao nascimento, e ao começo de nova fase na trajetória de vida da mãe e seus familiares. No entanto, nem sempre é possível consolidar esse desejo, pois, mais do que se imagina, a morte tem feito parte do contexto materno-infantil, das maternidades públicas desse país. Pensando nessa realidade, e na ausência de políticas públicas que contemplem a assistência à saúde da mulher, diante da perda gestacional e neonatal, este trabalho contempla, como objeto de pesquisa, uma socialização da experiência vivenciada no projeto de extensão da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), enquanto serviço pioneiro presente na saúde pública do Rio Grande Norte, por meio do apoio multiprofissional da MEJC, trazendo um enfoque sobre o acolhimento ao luto realizado pelo Serviço Social. O objetivo geral deste trabalho é dar visibilidade ao luto como demanda expressiva para o Serviço Social na humanização da assistência materno-infantil. Os objetivos específicos foram de identificar os desafios encontrados pelas mulheres que vivenciaram perda gestacional e/ou neonatal, frente às suas relações sociais e de gênero na sociedade; problematizar acerca da importância do apoio profissional na condução da elaboração e ressignificação do luto na vida das mulheres que perderam seu filho; identificar os desafios e possibilidades para atuação do assistente social no processo de assistência materno infantil. A metodologia utilizada foi pesquisa bibliográfica, a partir de consultas a obras e autores que discutem essa temática, além do uso do diário de campo, documento que foi importante para realizar os registros das participações dos sujeitos – mães, familiares e profissionais – envolvidos nas atividades do projeto, assim como para registrar as impressões e reflexões sobre as discussões ocorridas nas reuniões. O projeto trouxe como resultados a abertura para diálogo, acolhimento humanizado, escuta qualificada e a livre expressão dos sentimentos, aspectos importantes para elaboração, ressignificação e readaptação diante do luto.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6159
Other Identifiers: 2014000928
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JessycaLOTL_Monografia.pdf722.53 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.