Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6119
Title: Unidades de Conservação do Estado do Rio Grande do Norte: regime jurídico, problemas e soluções devidas
Authors: Silva, Janne Rodrigues da
Keywords: Unidades de Conservação do Estado do Rio Grande do Norte. Regime jurídico. Criação das Unidades de Conservação. Problemática. Soluções devidas.
Issue Date: 12-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ANTUNES, Paulo de Bessa. Direito ambiental. 19. ed. São Paulo: Atlas, 2017. BENATTI, José Heder. Aspectos jurídicos das unidades de conservação no Brasil. Cadernos da Pós-Graduação em Direito da UFPA, Belém, v. 1, n. 2, p. 23-42, jan./mar. 1997. BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Decreto nº 4.340, de 22 de agosto de 2002. Regulamenta artigos da Lei no 9.985, de 18 de julho de 2000, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza - SNUC, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 ago. 2002. ______. Decreto nº 7.717, de 18 de outubro de 1979. Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, bens situados na orla marítima entre as praias de Areia Preta e Ponta Negra. Natal, 1979b. Mimeografado. ______. Decreto nº 82.699, de 22 de novembro de 1978. Autoriza a cessão, sob o regime de aforamento, ao Estado do Rio Grande do Norte, do terreno de marinha e acrescidos, no trecho compreendido entre os bairros de Ponta Negra e Areia Preta. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970-1979/decreto-82699-22-novembro-1978-432276-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Governo Federal. Protocolo: 05062000130200121. Interessados: Governo do Estado do Rio Grande do Norte e Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – IDEMA. Assunto: Cessão de Uso Onerosa - APA Recife dos Corais_Governo Rio Grande do Norte. Brasília, DF, 20 de março de 2017. Disponível em: <https://protocolointegrado.gov.br/Protocolo/documento/detalhes_documento.jsf?protocolo=05062000130200121>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Lei Federal nº 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário Oficial da União, 2 set. 1981. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6938.htm>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Código Civil. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 jan. 2002. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/L10406.htm>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nos 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nos 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória no 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 maio 2012. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12651.htm>. Acesso em: 2 set. 2017. BRASIL. Lei nº 9.985, de 18 de julho de 2000. Regulamenta o art. 225, § 1o, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal, institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 19 jul. 2000. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9985.htm>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Ministério do Meio Ambiente. Conselhos Gestores. 2017. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/areas-protegidas/unidades-de-conservacao/conselhos-gestores>. Acesso em: 10 out. 2017. ______. Portaria nº 110, de 07 de fevereiro de 1980, autoriza Superintendência do Patrimônio da União a promover a cessão, sob regime de aforamento, ao Estado do Rio Grande do Norte, do terreno situado no bairro de Lagoa Nova, com área aproximada de 602.000m² (seiscentos e dois mil metros quadrados). Mimeografado. ______. Supremo Tribunal Federal. Mandado de Segurança nº 22164/SP. Brasília, DF, 30 de outubro de 1995. Diário da Justiça da União, Brasília, DF, 17 nov. 1995. p. 39206. ______. Supremo Tribunal Federal. Mandado de Segurança nº 23800-MS. Relator: Ministro Maurício Corrêa. Brasília, DF, 14 de novembro de 2002. Diário da Justiça, Brasília, DF, 7 fev. 2003. Disponível em: < http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudencia/listarJurisprudencia.asp?s1=%28MS%24%2ESCLA%2E+E+23800%2ENUME%2E%29+OU+%28MS%2EACMS%2E+ADJ2+23800%2EACMS%2E%29&base=baseAcordaos&url=http://tinyurl.com/aswmwr4>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Supremo Tribunal Federal. Mandado de Segurança nº 27623-DF. Relator: Ministro Cezar Peluso. Brasília, DF, 30 outubro 2008. Diário da Justiça Eletrônico, Brasília, DF, 5 nov. 2008. Disponível em: <http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudencia/listarJurisprudencia.asp?s1=%28MS%24%2ESCLA%2E+E+27623%2ENUME%2E%29+NAO+S%2EPRES%2E&base=baseMonocraticas&url=http://tinyurl.com/q74csw7>. Acesso em: 2 set. 2017. CLEMENTS, Frederic. E. Dynamics of vegetation. New York: The H.W. Wilson Co., 1949. CRETELLA JÚNIOR, José. Tratado de Direito Administrativo. 30. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2007. DI PIETRO, Maria Sylvia. Direito administrativo. 30. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2015. ______. Uso Privativo de Bem Público por Particular. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2014. FACHIN, Luiz Edson. A função social da posse e a propriedade contemporânea. Porto Alegre: Fabris, 1998. FRANÇA, Vladimir da Rocha. Estrutura e motivação do ato administrativo. Malheiros: São Paulo. 2007. GRAU, Eros. Princípios fundamentais de direito Ambiental. Revista de Direito Ambiental, São Paulo, n. 2, 1997. INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Portaria nº 066/2014. Institui O Plano de Manejo do Parque Estadual Mata da Pipa. Mimeografada. ______. Portaria nº 136/2012. Institui O Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Recifes dos Corais. Mimeografada. ______. Portaria nº 167, de 1º de novembro de 2013. Institui O Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Piquiri-Una. Mimeografado. ______. Unidades Estaduais de Conservação Ambiental do RN. 2017a. Disponível em: <http://www.idema.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=334&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=Unidades+de+Conserva%E7%E3o>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Área de Proteção Ambiental Recifes de Corais - APARC. 2017b. Disponível em: <http://www.idema.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=944&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=Unidades+de+Conserva%E7%E3o>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. IMG8151. 2017c. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/IMG/IMG000000000008151.JPG>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Área de Proteção Ambiental Piquiri-Una (APA Piquiri-Una ou APAPU). 2016. Disponível em: <http://www.idema.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=945&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=Unidades+de+Conserva%E7%E3o>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão. 2017d. Disponível em: <http://www.idema.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=948&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=Unidades+de+Conserva%E7%E3o>. Acesso em: 10 set. 2017. MACHADO, Paulo Affonso Leme. Direito ambiental brasileiro. Malheiros: São Paulo, 2004. MARQUES NETO, Floriano de Azevedo. Bens públicos. Belo Horizonte: Fórum, 2014. MAXIMILIANO, Carlos. Hermenêutica e aplicação do direito. 20. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2011. RIO GRANDE DO NORTE. Decreto nº 10.120, de 10 de agosto de 1988. Cria o Parque Estadual Florêncio Luciano. Mimeografado. RIO GRANDE DO NORTE. Decreto nº 10.302, de 13 de fevereiro de 1989. Regulamenta o Decreto Estadual nº 9.193/1985 e disciplinou a ocupação da Via Costeira, na área compreendida entre a via de tráfego e a faixa da Marinha. Natal, 1989a. Mimeografado. ______. Decreto nº 10.388, de 07 de junho de 1989. Aprova o Plano de Manejo do Parque das Dunas. Natal, 1989b. Mimeografado. ______. Decreto nº 10.683, de 6 de junho de 1990. Cria a Área de Proteção Ambiental (APA), e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000104452.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 12.620, de 17 de maio de 1995. Cria a Área de Proteção Ambiental (APA) Genipabu, nos Municípios de Extremoz e Natal e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000033843.PDF>. Acesso em: 3 set. 2017. ______. Decreto nº 13.500, de 5 de setembro de 1977. Aprovou o regulamento dos Parques Estaduais. Natal, 1977a. Disponível em: <http://www.natal.rn.gov.br/bvn/publicacoes/decreto_13.500.pdf>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 14.369, de 22 de março de 1999. Cria a Área de Proteção Ambiental (APA) Bonfim/Guaraíra nos Municípios de Nísia Floresta, São José do Mipibú, Senador Georgino Avelino, Goianinha, Arês, Tibau do Sul, e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000014307.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 14.813, de 16 de março de 2000. Regulamenta a Lei n°. 5.823, de 07 de dezembro de 1988, que dispõe sobre a criação e proteção do Parque Ecológico do Cabugy, e dá outras providências. Natal, 2000a. Disponível em: <http://www.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=PROCED&TARG=&ACT=xp00_BUSCA&PAGE=0&PARM=%22Decreto+n.%BA+14.813%22+%2C%22ANY%22%2C+%22PESQUISA+EM+TODO+O+PORTAL%22&LBL=>. Acesso em: 12 set. 2017. ______. Decreto nº 15.746, de 6 de junho de 2001. Cria a Área de Proteção Ambiental – APA dos Recifes de Corais nos Municípios de Maxaranguape, Rio do Fogo e Touros, e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000008146.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 19.341, de 12 de setembro de 2006. Institui o Parque Estadual Mata da Pipa. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000016367.PDF>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Decreto nº 19.346, de 12 de setembro de 2006. Aprova a Norma que ordena e disciplina o uso de veículos credenciados na área das dunas de Jenipabu e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/gac/DOC/DOC000000000061595.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. RIO GRANDE DO NORTE. Decreto nº 22.182, de 22 de março de 2011. Amplia os limites da Área de Proteção Ambiental (APA) Piquiri-Una, criada pelo Decreto Estadual n.º 10.683, de 6 de junho de 1990, institui seu Conselho Gestor e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000104456.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 22.989, de 18 de setembro de 2012. Altera o Decreto Estadual n.º 22.182, de 22 de março de 2011, que amplia os limites da Área de Proteção Ambiental (APA) Piquiri-Una, criada pelo Decreto Estadual n.º 10.683, de 6 de junho de 1990, institui seu Conselho Gestor e dá outras providências.. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/gac/DOC/DOC000000000065340.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 7.237, de 22 de novembro de 1977. Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, bens situados na área das dunas, adjacente ao Oceano Atlântico, no município de Natal. Natal, 1977b. Disponível em: <http://www.natal.rn.gov.br/bvn/publicacoes/decreto_7.237.pdf>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Decreto nº 7.538, de 19 de janeiro de 1979. Aprova o regulamento do Parque das Dunas. Natal, 1979a. Disponível em: <https://www.natal.rn.gov.br/semurb/paginas/File/InstrOrdSearch/33_Zonas_de_Preservacao_Ambiental-ZPAs.pdf>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Decreto nº 9.193, de 06 de fevereiro de 1985. Declara de utilidade pública cinco lotes de terrenos, equivalente a uma superfície de 4.950m² (quatro mil, novecentos e cinquenta metros quadrado), situado na Praia de Ponta Negra. Mimeografado. ______. Governo do Estado. Protocolo nº 209631/2006 – 3. Interessado: Idema. Documento: Ofício. Número de Origem: 963/2006. Solicitação: Solicita promover levantamento fundiário da área em foco do parque mata da Pipa. Natal, 28 de setembro de 2006. Disponível em: <http://servicos.searh.rn.gov.br/protocolo/Protocolo/ProtocoloDetalhe?NumeroProtocolo=209631&AnoProtocolo=2006&Digito=3>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Lei nº 5.823, de 07 de dezembro de 1988. Dispõe sobre a criação e proteção do Parque. Ecológico do Cabugy e dá outras providências. Disponível em: < www.rcambiental.com.br/Atos/ver/LEI-RN-5823-1988/>. Acesso em: 10 set. 2017. ______. Lei nº 7.871, de 20 de julho de 2000. Dispõe sobre o Zoneamento Ecológico-Econômico do Litoral Oriental do Rio Grande do Norte e dá outras providências. Natal, 2000b. Disponível em: < http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/meio-ambiente/meio-ambiente-material-de-apoio/legislacao/meio-ambiente-legislacao-estadual>. Acesso em: 4 set. 2017. ______. Lei nº 8.349, de 18 de julho de 2003. Cria a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão, na região de Diogo Lopes e Barreiras nos Municípios de Macau e Guamaré no Rio Grande do Norte e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000043673.PDF>. Acesso em: 5 set. 2017. RIO GRANDE DO NORTE. Lei nº 9.254, de 06 de outubro de 2009. Dispõe sobre o Zoneamento Ecológico da Área de Proteção Ambiental Jenipabu – APAJ, nos municípios de Extremoz e Natal, criada pelo Decreto nº 12.620, de 17 de maio de 1995, e dá outras providências. Disponível em: <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000033846.PDF>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Tribunal de Justiça. Ação Civil Pública nº 0500003-21.2007.8.20.0162. Autor: Ministerio Público de Extremoz. Réu: Instituto de Desenvolvimento Economico e Meio Ambiente. Disponível em: < http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/search.do;jsessionid=2C32ADCA1A2E73CF1E6F737F9B5001AE.appsWeb2?paginaConsulta=1&localPesquisa.cdLocal=-1&cbPesquisa=NUMPROC&tipoNuProcesso=UNIFICADO&numeroDigitoAnoUnificado=0500003-21.2007&foroNumeroUnificado=0162&dePesquisaNuUnificado=0500003-21.2007.8.20.0162&dePesquisa=>. Acesso em: 2 set. 2017. ______. Tribunal de Justiça. Ação Civil Pública nº 0000363-30.2008.8.20.0145. Autor: Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte. Réu: Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte. Disponível em: < http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/search.do?paginaConsulta=1&localPesquisa.cdLocal=-1&cbPesquisa=NUMPROC&tipoNuProcesso=UNIFICADO&numeroDigitoAnoUnificado=0000363-30.2008&foroNumeroUnificado=0145&dePesquisaNuUnificado=0000363-30.2008.8.20.0145&dePesquisa=>. Acesso em: 2 set. 2017. ______ Tribunal de Justiça. Ação Civil Pública nº 0000782-74.2007.8.20.0116 (116.07.000782-3). Autor: Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte. Réu: Idema - Instituto de Desenvolvimento Economico e Meio Ambiente. Natal, 25 de agosto de 2011. Disponível em: <http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/search.do;jsessionid=FFCB46B3876F73F5579F3C32D1E51297.appsWeb2?paginaConsulta=1&localPesquisa.cdLocal=-1&cbPesquisa=NUMPROC&tipoNuProcesso=UNIFICADO&numeroDigitoAnoUnificado=0000782-74.2007&foroNumeroUnificado=0116&dePesquisaNuUnificado=0000782-74.2007.8.20.0116&dePesquisa=>. Acesso em: 10 out. 2017. ______. Tribunal de Justiça. Ação Processo nº 0101447-83.2016.8.20.0116. Autor: Duda Investe Incorporação Imobiliária Ltda. Réu: Estado do Rio Grande do Norte. Disponível em: < http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/search.do?paginaConsulta=1&localPesquisa.cdLocal=-1&cbPesquisa=NUMPROC&tipoNuProcesso=UNIFICADO&numeroDigitoAnoUnificado=0101447-83.2016&foroNumeroUnificado=0116&dePesquisaNuUnificado=0101447-83.2016.8.20.0116&dePesquisa=>. Acesso em: 2 set. 2017. SIGNIFICADOS. Significado de desenvolvimento sustentável. 2017. Disponível em: <https://www.significados.com.br/desenvolvimento-sustentavel/>. Acesso em: 2 out. 2017. SILVA, José Afonso da. Direito ambiental constitucional. São Paulo: Malheiros Editores, 1994. SIRVINSKAS, Luís Paulo. Manual de direito ambiental. 13. ed. São Paulo: Saraiva, 2015. VALLEJO, Luiz Renato. Unidades de conservação: uma discussão teórica à luz dos conceitos de território e de políticas públicas. 2003. Disponível em: <http://arquivos.proderj.rj.gov.br/inea_imagens/downloads/pesquisas/PE_Ilha_Grande/Vallejo_2003.pdf>. Acesso em: 5 set. 2017.
Portuguese Abstract: O presente estudo tem como objetivo apresentar as Unidades de Conservação Norte Riograndense e apontar o regime jurídico, diferentes problemas que cada unidade apresenta que muitas vezes são os mesmos e, por fim, apresentar soluções para a correta instituição das Unidades de Conservação, fazendo jus a toda legislação específica que trata da matéria. A metodologia utilizada foram bibliográficas e documentais, com as contribuições de vários autores sobre a temática do presente estudo, e a pesquisa documental baseia-se nas legislações estaduais que tratam, exclusivamente, da criação das Unidades de Conservação que ainda não receberam um tratamento aprofundado, visando selecionar, tratar e interpretar a informação bruta, buscando extrair todos os sentidos.
Abstract: The present study aims to present the North Riograndense Conservation Units and point out the legal regime, different problems that each unit presents that are often the same and, finally, to present solutions for the correct institution of the Conservation Units to all specific legislation dealing with the matter. The methodology used was bibliographical and documentary, with the contributions of several authors on the subject of the present study, and documentary research is based on state legislations that deal exclusively with the creation of Conservation Units that have not yet received a thorough treatment, aiming to select, treat and interpret the raw information, seeking to extract all the senses.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6119
Other Identifiers: 20162013078
Appears in Collections:Direito Administrativo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Janne_UFRN_com ata e ficha.pdfMonografia Especialização em Direito Administrativo473,97 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.