Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6088
Title: “Eu e ela temos o mesmo nome, mas somos bem diferentes”: construção da identidade negra no Núcleo de Educação da Infância (NEI-UFRN)
Authors: Braga, Maria da Conceição Freitas
Keywords: Diversidade;Racismo;Literatura e Educação Infantil
Issue Date: 1-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BRAGA, Maria da Conceição Freitas. “Eu e ela temos o mesmo nome, mas somos bem diferentes”: construção da identidade negra no Núcleo de Educação da Infância (NEI-UFRN). 2017. 32 f. TCC (Graduação) - Curso de Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este trabalho de conclusão de curso tem por objetivo relatar um recorte do percurso de um projeto de intervenção proposto para uma turma de nível IV da Educação Infantil, com crianças na faixa etária dos cinco aos seis anos de idade. A intervenção desenvolveu-se no Núcleo de Educação da Infância Nei/CAp/UFRN, cuja intenção foi problematizar a construção da identidade negra através da problematização de atitudes racistas, de preconceitos e de estereótipos que, muitas vezes, manifestam-se a partir dessa fase. Escolhemos a literatura infantil afro-brasileira como uma fonte norteadora dessa prática, pois esta possibilita o conhecimento/construção de uma imagem mais plural da sociedade e do respeito à diversidade. Dessa forma, partindo da leitura e da discussão desses textos literários, e, com o auxílio de outros instrumentos mediadores, como a música e a imagem, por exemplo, conduzimos as crianças a conhecerem as influências do povo africano em nossa cultura. Trata-se de uma proposta para fomentar a discussão sobre práticas educativas que contextualizam a construção da identidade das crianças, com olhar especial para a criança negra, apresentando outros modos de ser e de viver de diferentes povos e culturas. Mediante a experiência realizada e considerando o nível de compreensão e expressão dos escolares envolvidos no estudo desse tema, pode-se destacar como resultado positivo suas ações e expressões no decorrer do trabalho desenvolvido, bem como, a importância de trazer para o cotidiano escolar práticas que problematizam a diversidade humana.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6088
Other Identifiers: 2013067619
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElaEuMesmoNome_Monografia_2017.pdf1.54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.