Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6047
Title: Riqueza e composição da avifauna do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil
Authors: Souza, Francisco Virgínio de
Keywords: Aves;Birds;Ecologia;Ecology;Urbanização;Urbanization
Issue Date: Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Francisco Virgínio de. Riqueza e composição da avifauna do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. 2017. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas)- Departamento de Botânica e Zoologia, Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: As aves são espécies bioindicadoras, sendo o monitoramento contínuo de sua comunidade importante para avaliar o grau de mudanças no ambiente. Este estudo teve o objetivo de comparar a composição e estrutura da comunidade de aves em três diferentes ambientes: campos, matas e área urbana do campus central da UFRN. Entre 2016 e 2017 foram registradas através de 81 listas de Mackinnon 56 espécies de aves, ocorrendo 44 destas nos campos, 36 na área urbana e 33 nas matas. A maioria delas é comum e de baixa sensitividade a alterações antrópicas, incluindo principalmente espécies onívoras e insetívoras, sendo Coereba flaveola e Pitangus sulphuratus as mais frequentes em todos os ambientes. Houve uma similaridade alta entre a avifauna dos três ambientes e também entre as comunidades de aves do Parque das Dunas e do Campus, onde 54% das espécies foram comuns a ambos. É provável que a intensa urbanização do campus tenha contribuído para o declínio populacional ou mesmo para a extinção local de espécies de aves mais sensíveis às mudanças na paisagem. Por outro lado, espécies sinantrópicas e mais generalistas aumentaram suas densidades. Supõe-se que elas usam o ambiente campestre principalmente como ponto de descanso e forrageio, pois neste ocorreu maior riqueza. A população de Athene cunicularia depende exclusivamente desse ambiente para sobreviver, assim como as espécies florestais Ortalis araucuan, Hemitriccus griseipectus e Cantorchilus longirostris dependem da manutenção das matas.
Abstract: Birds are bioindicator species, with continuous monitoring of their community important to assess the degree of changes in the environment. This study aimed to compare the composition and structure of the bird community in three different environments: fields, woods and urban area of the central campus of UFRN. Between 2016 and 2017, 56 species of birds were registered through 81 Mackinnon lists, 44 of which occurred in the fields, 36 in the urban area and 33 in the forest. Most of them are common and of low sensitivity to anthropic alterations, mainly including omnivorous and insectivorous species, being Coereba flaveola and Pitangus sulphuratus the most frequent in all environments. There was a high similarity between the avifauna of the three environments and also between the bird communities of Parque das Dunas and Campus, where 54% of the species were common to both. It is likely that the intense urbanization of the campus has contributed to the population decline or even the local extinction of bird species more sensitive to changes in the landscape. On the other hand, synanthropic and more generalist species increased their densities. It is assumed that they use the countryside environment mainly as a resting and foraging point, because in this occurred greater wealth. The population of Athene cunicularia depends exclusively on this environment to survive, just as the forest species Ortalis araucuan, Hemitriccus griseipectus and Cantorchilus longirostris depend on the maintenance of the forests.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6047
Other Identifiers: 2013080209
Appears in Collections:Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComposiçaoAvifauna_Souza_2017.pdfMonografia3.54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.