Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6016
Title: Importância da diversidade para a magnitude e estabilidade do aporte de detritos em uma floresta sazonal
Authors: Asato, Ana Elizabeth Bonato
Keywords: História evolutiva;Evolutionary history;Fenologia;Phenology;Estocasticidade;Stochasticity;Funcionamento de Ecossistemas;Ecosystem Functioning
Issue Date: 4-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ASATO, Ana Elizabeth Bonato. Importância da diversidade para a magnitude e estabilidade temporal do aporte de detritos em uma floresta sazonal. 2017. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas)- Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A biodiversidade tem sido apontada como um dos principais fatores condutores ao aumento da produtividade dos ecossistemas, além de influenciar positivamente na estabilidade das comunidades e negativamente na estabilidade das populações que a compõe. Neste trabalho nós testamos a importância da biodiversidade, representada pela riqueza taxonômica e pela diversidade filogenética, para a magnitude e estabilidade do aporte de detritos vegetais à nível de população e comunidade em um fragmento florestal de Restinga no Rio Grande do Norte. Foram realizadas 10 coletas, de janeiro a outubro de 2016 em 41 parcelas de 25 m². A diversidade filogenética foi medida usando métrica Faith’s PD modificada em uma árvore filogenética construída com a função "S.PhyloMaker" no RStudio para as 41 espécies utilizadas neste estudo. A riqueza taxonômica e a diversidade filogenética das parcelas foram calculadas com base no detrito coletado, e não na vegetação viva do local. Para as análises estatísticas, foram utilizadas regressões simples e o critério de seleção de modelos de Akaike (AIC), utilizando as variáveis de diversidade já citadas, além da abertura do dossel das parcelas, área basal total populacional, e variáveis edáficas abióticas (concentração de nitrogênio e fósforo). Ambos os parâmetros de diversidade apresentaram pouca influência, tanto na magnitude quanto na estabilidade do aporte de serrapilheira à nível de comunidade, mas tiveram efeito fracamente negativo na estabilidade do aporte à nível populacional. As variáveis de estrutura física da vegetação e a concentração de nitrogênio no solo foram as mais importantes dentre as selecionadas. São poucos os trabalhos observacionais em Biodiversidade e Funcionamento de Ecossistemas em ambiente tropical, e os trabalhos realizados em Restinga indicam uma importante influência da estocasticidade na estruturação da comunidade. Os resultados obtidos neste trabalho, portanto, podem indicar que, de fato, ambientes com alta sazonalidade, como as Restingas, fazem pouco uso de mecanismos de complementariedade de nicho, que seria a base para a maior parte das explicações das relações Diversidade-Produtividade e Diversidade-Estabilidade. É importante destacar que estes são resultados preliminares de um projeto de fenologia vegetal de longa-duração, e os padrões de dinâmica do aporte tendem a ficar mais claros a medida em que se aumenta o número de coletas incrementadas na análise.
Abstract: Biodiversity has been identified as one of the main factors driving the increase of ecosystem productivity, as well as positively influencing the stability of the communities and negatively in the stability of the population that compose them, In this work, we tested the importance of biodiversity, represented by taxonomic richness and phylogenetic diversity, for the magnitude and stability of plant litter in population and community scale in a forest fragment of Restinga in Rio Grande do Norte. Ten collections were carried out from January to October 2016 in 41 25 m² plots. Phylogenetic diversity was measured by using the Faith’s PD modified in a phylogenetic tree constructed with “S.PhyloMaker” function in RStudio, for all 41 species used in this study. Taxonomic richness and phylogenetic diversity of the plots were calculated based on the amount of litter collected, and not on the living vegetation of the plots. For statistical analyzes, we used simple regressions and Akaike model selection criteria (AIC), using the diversity variables already mentioned, besides the canopy opening of the plots, total population basal area, and abiotic edaphic variables of the plots (nitrogen and phosphorus concentrations). Both parameter of diversity had little influence, both in the magnitude and the stability of litterfall at community level, but taxonomic richness had weakly negative effect in stability at population level. Variables of physical structure of the vegetation and concentration of nitrogen were the most important among the variables selected. The results obtained in this work, therefore, may indicate that, in fact, environments with high seasonality, such as Restingas are, make little use of niche complementarity mechanisms, which are the basis for most explanations of the Diversity-Productivity and Diversity-Stability. It is important to highlight that these are preliminary results of a long- term plant phenology project and the patterns of input dynamics tend to become clearer as increase the number of collections in the analysis.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6016
Other Identifiers: 2014051702
Appears in Collections:Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FlorestaSazonal_Asato_2017.pdfMonografia1,59 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.