Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/6014
Title: A escola nova e o positivismo no currículo da escola doméstica de Natal/RN (1914-1944)
Authors: Tavares, Marianna Carla Costa
Keywords: Escola Doméstica de Natal;Currículo;Positivismo;Escola Nova
Issue Date: 23-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: TAVARES, Marianna Carla Costa. A escola nova e o positivismo no currículo da escola doméstica de Natal/RN (1914-1944). 2017. 60 f. TCC (Graduação) - Curso de Pedagogia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O presente trabalho tem por objeto de pesquisa os currículos da Escola Doméstica de Natal, que está localizada na cidade de Natal/RN. Apresenta uma discussão sobre as transformações curriculares na instituição desde sua fundação até 1944. A partir dessas discussões, buscamos compreender o currículo relacionado à Escola Nova e ao Positivismo, à luz das reformas curriculares na instituição. Para isso, adotamos uma metodologia que parte de um estudo analítico, estabelecendo relações entre os documentos coletados no arquivo da Escola aos estudos teóricos sobre História da Educação. Os documentos utilizados para análise foram boletins, cardápios e fotos. O currículo foi construído com base nos dados encontrados no jornal A República, bem como a partir de outros documentos. Os estudos permitiram perceber que durante 101 anos de funcionamento a Escola Doméstica de Natal teve 16 diretoras e propomos uma divisão em quatro momentos na administração da instituição, sendo este trabalho referente ao primeiro período, em que as diretoras estrangeiras estiveram à frente da escola. Foi possível perceber no currículo desse período seu caráter higienista, positivista e a presença de ideais da Escola Nova. A instituição adotou práticas relacionadas à Escola Nova e ao Positivismo, dentre as quais podemos destacar: i) a forte presença do ideal higienista; ii) a ênfase na formação prática, especificamente na formação para o lar; iii) a importância do trabalho manual por meio da disciplina jardinagem; iv) o uso de material concreto como um instrumento de aprendizagem; v) o uso do ambiente externo; vi) a valorização do cientificismo. Contudo, concluímos que a escola seguia os conceitos escolanovistas em parte, pois, para segui-los integralmente, as disciplinas teóricas não deveriam ser deixadas de lado e deveriam ser associadas à prática. Constatamos também que os princípios da laicidade e do cientificismo foram considerados de modo parcial no currículo, pois compreendemos que a configuração curricular atrela o cientificismo às disciplinas de caráter teórico e, ainda que não tenha nenhuma disciplina voltada à religião, o fazer cotidiano na instituição envolvia eventos que contemplavam a prática religiosa.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6014
Other Identifiers: 2014023815
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EscolaNovaPosit_Monografia_20171,31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.