Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5970
Title: Uma análise do gasto com os principais cargos políticos do nordeste brasileiro
Authors: Ferreira, Yasmim da Silva
Keywords: Cenário político;Gastos;Cargos políticos;Nordeste;Administração pública
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Yasmim da Silva. Uma análise do gasto com os principais cargos políticos do nordeste brasileiro. 2017. 49f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O Brasil é um país de longa extensão e desde a colonização teve seu território dividido em faixas que foram entregues a administradores, na época chamados donatários. Com o passar dos anos o Brasil continuou com o seu território dividido, agora em regiões, até chegar na divisão geográfica atual. As denominações para os administradores das terras brasileiras também mudaram durante os anos, donatários, governador-geral, vereadores, além do Rei e dos Príncipes que administraram o território brasileiro. Com a proclamação da República em 1889 se disseminou as denominações conhecidas atualmente como presidente, deputados e senadores. Atualmente, a administração do Brasil é exercida pelo Presidente da República com o auxílio dos Deputados Federais, Senadores, Deputados Estaduais, Governadores, Prefeitos e Vereadores, todos eleitos pelo voto popular, além dos Ministros do Governo. O cenário político e econômico atual do país é apontado como principal causa da necessidade de reformas políticas no Brasil, sendo a redução de gastos públicos a medida emergencial indispensável para a administração. O inchaço na máquina pública e os gastos excessivos com o Legislativo tomou as mídias, assim como as variadas reformas propostas pelo governo. O presente estudo tem como objetivo analisar os gastos com os salários dos cargos de Deputados Federais e Estaduais, Senadores e Governadores e quanto poderia ser economizado com a redução da quantidade desses cargos, utilizando a região Nordeste como amostra. Trata-se de um estudo de caso, descritivo e exploratório, de abordagem quantitativa, com fontes bibliográficas. As informações geográficas e populacionais dos estados foram tabuladas no Excel, assim como os dados referentes aos quantitativos dos cargos políticos estudados e seus salários; em seguida, foram calculados, os percentuais demográficos dos estados nordestinos, e calculados os gastos salariais mensais e anuais dos cargos políticos. Os resultados apontam que, de forma geral, o estado da Bahia se destaca dos demais, sendo o mais populoso, extenso e com o maior número de cargos políticos, podendo ser a base para a comparação com os demais. Em extensão, a junção de outros cinco estados nordestinos equipara-se ao estado da Bahia. Foram realizadas as projeções das reduções dos gastos salariais com a junção dos estados do RN, PB, PE, AL e SE. Concluindo, o estudo pôde mensurar de forma simples a economia que o Governo poderia realizar com a diminuição de cargos políticos e que essa diminuição é possível levando em consideração os dados básicos apresentados. Por fim, percebeu-se a necessidade do estudo da Contabilidade aplicada na Administração Pública para subsidiar possíveis pesquisas aprofundadas e mudanças eficazes no desempenho das atividades realizadas pela Administração Pública do Brasil.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5970
Other Identifiers: 2013031035
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
YasmimSF_Monografia.pdfCiências Contábeis 482.29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.