Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5933
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAssunção, Amanda Borges de Albuquerque-
dc.contributor.authorBraga, Jéssica de Abiahy Carneiro da-
dc.date.accessioned2018-02-22T14:23:02Z-
dc.date.available2018-02-22T14:23:02Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier2012914816pr_BR
dc.identifier.citationBRAGA, Jéssica de Abiahy Carneiro da Cunha. Estrutura piramidal de propriedade: uma análise da influência na rentabilidade das empresas que compõem o IBOVESPA no período de 2010 a 2015. 2017. 30f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5933-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectEstrutura de propriedade e controlepr_BR
dc.subjectEstrutura piramidalpr_BR
dc.subjectRentabilidadepr_BR
dc.titleEstrutura piramidal de propriedade: uma análise da influência na rentabilidade das empresas que compõem o IBOVESPA no período de 2010 a 2015pr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.advisor-co1Marcelo Daniel Araujo Ermelpr_BR
dc.contributor.referees1Freitas Neto, Raimundo Marciano de-
dc.contributor.referees2Azevedo, Yuri Gomes Paiva-
dc.description.resumoA partir do efeito causado pela possibilidade de emissão de duas classes de ações e pela separação entre propriedade e agente, este estudo buscou investigar a relação entre a estrutura de propriedade e controle das empresas negociados no IBOVESPA no período de 2010 a 2015 e a rentabilidade das mesmas. A principal hipótese é de que as empresas que utilizassem a estrutura piramidal iriam ter uma rentabilidade menor devido à alta expropriação do acionista minoritário. Para tanto, executou-se uma pesquisa de cunho quantitativo, descritiva explicativa com dados reunidos dos demonstrativos financeiros e formulários de referência, encontrados no sítio eletrônico da BMF&BOVESPA e na base de dados Economática. Os resultados encontrados mostraram que a estrutura piramidal de propriedade e controle não afeta a rentabilidade das organizações, concluindo que os acionistas majoritários não se utilizam desta estrutura para expropriar seus acionistas minoritários.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentCiências Contábeispr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JéssicaACCB_Monografia.pdfCiências Contábeis 586,31 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.