Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5927
Title: Previdência privada no Brasil: uma análise da decisão entre PGBL e VGBL
Authors: Carvalho, Horácio de Albuquerque
Keywords: Previdência social;Previdência privada;PGBL;VGBL
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARVALHO, Horácio de Albuquerque. Previdência privada no Brasil: uma análise da decisão entre PGBL e VGBL. 2017. 61f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis), Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este estudo tem como objetivo verificar a melhor opção de investimento dentre os tipos de plano de previdência privada, para 3 pretensos investidores. São descritos o funcionamento e as particularidades do sistema público de Previdência Social, e explicado o funcionamento dos planos de Previdência Privada, com ênfase nos benefícios de planos do tipo PGBL (Plano Gerador de benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre), e, depois, são demonstrados os tipos de produtos de previdência complementar comercializados pela Caixa Seguradora. Foram feitas análises de renda para os clientes descobrindo se é mais interessante investir em planos de previdência do tipo PGBL, do tipo VGBL, ou em ambos. Depois, de acordo com os perfis de investimento conservador, moderado e agressivo, foi feita a escolha do tipo de fundo de investimento adequado a cada cliente, verificando que nos últimos 36 meses o fundo de investimento CAIXA FIC PREV 300 MULTI RV 30, mais adequado ao investidor com perfil mais arrojado, teve rentabilidade 29,49%, o fundo CAIXA FIC PREV 300 MUITI RV 15, que é mais adequado ao perfil moderado de investidor, teve rentabilidade 31,31% e o fundo CAIXA FIC PREV 300 MULTI RF, direcionado ao investidor mais conservador, teve rentabilidade 32,88%, enquanto o CDI alcançou 43,42% e o IBOVESPA atingiu 29,86% no mesmo período. Por fim, fora realizada a simulação das contribuições mensais de cada cliente, com base na média da rentabilidade obtida nos últimos 36 meses, chegando às provisões matemáticas de R$ 513.957,69 (duas vezes); R$ 690.805,53 e R$ 239.744,64 para os clientes estudados e às rendas vitalícias de R$ R$ 1.413,22 (duas vezes); R$ 2.842,99 e 971,31 respectivamente.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5927
Other Identifiers: 2013066649
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HorácioAC_Monografia.pdfCiências Contábeis 708.73 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.