Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5851
Title: A internacionalização da educação superior: uma análise sobre a mobilidade estudantil na pós-graduação stricto sensu (2013-2016)
Authors: Nogueira, Fabiana Araújo
Keywords: Internacionalização da Educação Superior;Pós-Graduação;Mobilidade Estudantil.
Issue Date: 12-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NOGUEIRA, Fabiana. A INTERNACIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR: uma análise sobre a mobilidade estudantil na pós-graduação stricto sensu (2013-2016). p. 01-60. Natal, RN, 2017.
Portuguese Abstract: O presente trabalho tem por objetivo analisar como se configurou a política de internacionalização da pós-graduação stricto sensu brasileira, tomando como referência o número bolsas ofertadas pela Capes para programas de mobilidade estudantil acadêmica no Brasil no período de 2013 a 2016. Abordagem de pesquisa adotada ancora-se no materialismo histórico-dialético e os procedimentos metodológicos utilizados para a consecução da pesquisa foram de caráter bibliográfico e documental em que a revisão bibliográfica pôde auxiliar na análise dos documentos e políticas educacionais permitindo a revisão da literatura a respeito das transformações políticas, econômicas, sociais e produtivas desencadeadas nas últimas décadas e suas repercussões para o contexto educacional, especialmente para a educação superior. Nota-se que a globalização impulsiona o fenômeno da internacionalização da educação e que no âmbito da pós-graduação, desde a sua institucionalização até os dias atuais, no Brasil, apresenta caráter estritamente internacional. Os dados da pesquisa mostram que entre anos de 2013 a 2015 a uma evolução substancial do número de bolsas financiado pela Capes para o exterior e no ano de 2016 há diminuição significativa dessas bolsas. Considera-se que a internacionalização vem ganhando espaço como uma das tendências mais importantes das políticas para a educação superior e que na pós-graduação, a internacionalização está presente desde suas primeiras iniciativas no Brasil, na qual a capacitação dos profissionais era realizada no exterior. Conclui-se por fim, que a internacionalização deve está voltada para a formação profissional, acadêmica e integral dos sujeitos com fim de estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico, tecnológico e do pensamento reflexivo.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5851
Other Identifiers: 2014038362
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InterdaEducaSuperior_Monografia.pdfMonografia 613.76 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons