Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5843
Title: A sistematização da linguagem escrita na educação infantil: reflexão sobre uma experiência
Authors: Cardoso, Mariana Cristina Pimenta Rodrigues
Keywords: Educação Infantil;Leitura e Escrita;Prática Pedagógica
Issue Date: 8-Sep-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARDOSO, Mariana Cristina Pimenta Rodrigues. A sistematização da linguagem escrita na educação infantilc: reflexão sobre uma experiência. 2015, 54f. Trabalho de Conclusão de Curso ((Graduação em Pedagogia) - Curso de Graduação em Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este estudo buscou analisar a sistematização do trabalho com a linguagem escrita na Educação Infantil, refletindo sobre o processo de apropriação dessa linguagem pelas crianças explicitando alguns conhecimentos construídos/apropriados por elas acerca dessa linguagem a partir do trabalho sistematizado. A investigação realizou-se no Núcleo de Educação da Infância (NEI), Colégio de Aplicação (CAp) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), junto a turma 3 do turno matutino, constituída por vinte e duas crianças com idade entre 4 e 5 anos. A investigação assumiu os princípios da abordagem qualitativa cujas principais características são: ter o ambiente natural como fonte direta de dados; o investigador como instrumento principal da investigação; ser descritiva; ter como objeto de interesse não simplesmente os resultados ou produtos, mas todo o processo; a tendência, por parte dos investigadores em analisar os dados de forma indutiva e, ainda, o forte interesse pelo significado atribuído pelos sujeitos da pesquisa ao objeto estudado. Adotou-se como procedimento metodológico a análise da própria prática por meio das anotações no Diário de Aula. Utilizou-se como aporte teórico metodológico, os enunciados propostos por Albuquerque e Leite (2010), Amarilha (2012), Barros (2001), Brandão e Leal (2010), Faria e Salles (2012), Ferreiro (1989, 1995), Leal e Silva (2012), Morais, Albuquerque, Leal (2005), Morais (2012), Solé (2003) e Rêgo (1999). Os resultados da investigação mostraram que, de fato, o caminho que se apresenta como mais eficaz para que as crianças se apropriem da linguagem escrita é aquele que, além de levar em consideração as especificidades dessa criança, esteja pautado na alfabetização e letramento. E ainda, que o trabalho pedagógico com essa linguagem não pode se sobrepor ao trabalho com as demais linguagens, pois todas elas têm suas contribuições para o desenvolvimento integral das crianças
Abstract: This study investigates the systematization of work with written language in kindergarten, reflecting on the process of appropriation of that language by children explaining some knowledge built/ appropriated for them about this language from the systematized work. The research took place in the Núcleo de Educação da Infância (NEI), Colégio de Aplicação (CAp) of the Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), with the morning shift class 3, consisting of twenty-two children aged 4 and 5 years. The research took the principles of qualitative approach whose main features are: having the natural environment as the direct data source; the investigator as the main instrument of research; being descriptive; having as object of interest not simply the results or products, but the whole process; the tendency on the part of researchers to analyze the data inductively and also the strong interest in the meaning attributed by the research’s subjects to the studied object. It was adopted as a methodological procedure the analysis of the practice itself through the notes at the Class Record Book. It was used as a methodological theoretical support, the statements proposed by Albuquerque and Leite (2010), Amarilha (2012), Barros (2001), Brandão and Leal (2010), Faria and Salles (2012), Ferreiro (1989, 1995), Leal and Silva (2012), Morais, Albuquerque, Leal (2005), Morais (2012), Solé (2003) and Rêgo (1999). Research results showed that, in fact, the way that presents itself as the most effective for children to take ownership of written language is the one that, besides taking into account the specificities of the child, is founded on the literacy and alphabetization. And yet, that the pedagogical work with this language cannot overlap to the work with the other languages, because they all have their contributions to the integral children’s development
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5843
Other Identifiers: 2012958267
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SistemDaLing_Monografia_2017.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.