Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5837
Title: Estágio extra-curricular no contexto da educação especial em uma perspectiva inclusiva: trajeto formativo de um graduando em Pedagogia.
Authors: Silva, Juliana Rocha da
Keywords: Estágio extra-curricular;Formação inicial;Educação Especial
Issue Date: 28-Jun-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Juliana Rocha da. Estágio extra-curricular no contexto da educação especial em uma perspectiva inclusiva: trajeto formativo de um graduando em Pedagogia. 2017. 48f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O presente estudo tem como objetivo geral analisar a experiência de estágio extracurricular no campo da educação especial em uma perspectiva inclusiva com base na experiência de um graduando do curso de pedagogia da UFRN, inserido no 8º ano do Ensino Fundamental II de uma escola privada de Natal. A metodologia utilizada neste estudo é a história oral temática dos autores Meihy e Holanda (2014), com enfoque no estágio como tema central, adotando como procedimento a entrevista narrativa e a técnica da análise de conteúdo. O estudo será qualitativo e a coleta de dados se dará através de entrevista oral gravada com o estagiário que atuou em uma sala de aula com um aluno com Síndrome de Down. Dessa forma, será analisado qual a importância dessa experiência formativa sob o olhar desse sujeito, possibilitando ao futuro professor repensar o seu papel dentro da sociedade atual. Logo, aorefletir sobre os aprendizados adquiridos nesse estágio e os atores que se fazem presentes nesse processo de construção do conhecimento, espera-se contribuir para a minimização dos entraves que possam comprometer as ações pedagógicas desse futuro profissional, evoluindo cada vez mais para a efetivação plena das políticas de inclusão, partindo da valorização desse aprendiz que traz na sua trajetória de vida suas experiências que contribuirão nesse processo de construção da sua identidade profissional. Dessa forma, alguns desafios foram elencados pelo graduando em relação ao seu supervisor de campo (professor licenciado no exercício de sua profissão), aos planejamentos realizados pelos professores e ausência de reuniões escolares que discutissem temas voltados para o público-alvo da educação especial, pois a reunião não envolvia todo o corpo docente atuante na série de ensino em que estava inserido. Contudo, os resultados obtidos com a análise da entrevista, apontam para repensarmos o estágio como uma experiência formativa que pode tornar esse profissional cada vez mais capacitado para incluir os alunos com deficiência em um fazer pedagógico cada vez mais inclusivo, ao se envolver nas ações voltadas para o planejamento e execução de atividades, com enfoque no desenvolvimento das potencialidades desses alunos, visto que o número de alunos público-alvo da Educação Especial frequentando as classes comuns de ensino aumentam a cada ano, tornando esse ensino cada vez mais democrático e essencial no processo de formação humana, destacando o estágio como um momento oportuno para checar suas características pessoais, seus pontos fortes e fracos que possam emergir no seu campo de atuação.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5837
Other Identifiers: 2012957072
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstágExtr_Monografia_2017.pdf583,22 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.