Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5815
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFerreira, Adir Luiz-
dc.contributor.authorOliveira, Mário Júnio-
dc.date.accessioned2018-02-16T15:57:52Z-
dc.date.available2018-02-16T15:57:52Z-
dc.date.issued2017-06-30-
dc.identifier2010031890pr_BR
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Mário Júnio. Pedagogia: Um estudo contextualizado sobre a indisciplina escolar na organização do trabalho docente. 2017. 41 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Pedagogia), Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5815-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectIndisciplina escolarpr_BR
dc.subjectEnsino Fundamentalpr_BR
dc.subjectTrabalho docentepr_BR
dc.titleUm estudo contextualizado sobre a indisciplina escolar na organização do trabalho docentepr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.advisor-co1Adir Luiz Ferreirapr_BR
dc.contributor.referees1Penatieri, Gisele Rogéria-
dc.contributor.referees2Oliveira, Maria Patrícia Costa de-
dc.description.resumoUm grande desafio na atualidade, não só brasileira como mundial, tem sido a compreensão acerca da indisciplina em sala de aula e na escola. A indisciplina escolar é, normalmente, conceituada como um comportamento capaz de alterar um processo pedagógico definido, podendo ser motivado por várias causas, desde condicionantes sociais, a familiares, psicológicos e decorrentes da própria estrutura escolar. Dessa forma, se constitui como objetivo geral deste estudo caracterizar o problema da indisciplina escolar identificada entre alunos de uma turma de ensino fundamental de escola da rede pública, do município de São José de Mipibu/RN. Para tanto, foi realizado trabalho observacional na referida escola, em uma turma de 3° ano, na qual se identificou o comportamento de alguns alunos, relatado pela professora como indisciplinados e interferentes no processo educativo. A partir do levantamento da hipótese de que a ausência dos pais seria uma possível causa, se elaborou uma intervenção educativa com os mesmos, a fim de reforçar seu papel na formação das crianças e da necessidade de sua presença. Foi realizado um dia de atividades lúdicas com pais e professora, acerca dessas questões e obtidas categorias de análises; na semana seguinte se observou os resultados que as oficinas apresentaram na turma. Perguntas foram levantadas e respondidas na semana anterior à atividade com os pais e na semana posterior. Observou-se que a frequência dos pais na escola subiu de 27% para 73% (mensal); a participação dos alunos em sala evoluiu de, em média, 2 por dia para 5; o número de vezes que, em média, a turma era chamada a atenção por aula caiu de 8 para 4; e as respostas classificadas pela professora como negativas (comportamentos e grosserias) apresentaram uma queda de 5 por aula para 1. Esses dados, ainda que analisados por um curto período, refletem um resultado positivo da atividade realizada, fomentando a importância do debate acerca do assunto e de ações efetivas como forma de intervenção.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentPedagogiapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UmEstudCont_Monografia_2017.pdf478.04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.