Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5743
Title: A representação de infância e criança em Chapeuzinhos Coloridos
Authors: Silva, Xenia Liane Pereira da
Keywords: Literatura;Criança;Infância
Issue Date: Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Xenia Liane Pereira da. A representação de infância e criança em Chapeuzinhos Coloridos. 2017. 31f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Currais Novos, 2017.
Portuguese Abstract: A Literatura Infantil possibilita ao leitor uma experiência significativa quando relacionada com a forma peculiar de contar do texto literário. Neste acontece à fusão de realidade e fantasia o que permite a criança constituir relação entre o evidenciado no texto e o seu cotidiano. Apropriando-se da forma com que a sociedade se organiza além do código linguístico e imagético. O presente estudo tem o propósito de descrever e analisar como é construída a representação de criança e infância no livro Chapeuzinhos Coloridos, escrito por José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta (2014). Este é composto por seis histórias (Chapeuzinho Azul, Chapeuzinho Cor de Abóbora, Chapeuzinho Verde, Chapeuzinho Branco, Chapeuzinho Lilás e Chapeuzinho Preto) inspiradas no conto Clássico Chapeuzinho Vermelho. A investigação pautou-se com base nos pontos elencados no trabalho: a apresentação das personagens infantis; a construção de sentidos estabelecida pela cor que determina cada uma das personagens em cada conto, assim como, nas ilustrações; Os aspectos em que o conto moderno aproximam-se e/ou divergem do tradicional. Em termos metodológicos, a pesquisa assume uma abordagem de natureza qualitativa conforme Prodanov & Freitas (2013), também enquadra-se quanto à classificação da pesquisa como bibliográfica, segundo Oliveira (2007). A princípio discorreu-se sobre o surgimento e o conceito de Literatura Infantil. Em seguida, buscou-se conhecer como a concepção de criança e infância foi construída ao longo da história. Posteriormente, fez-se a leitura criteriosa das seis histórias que compõem a obra objeto de estudo, e por fim, realizou-se a análise dos Contos. No tocante aos conhecimentos literários, tem-se como aportes teóricos Lajolo & Zilberman (1991); Palo & Oliveira (1986); Mattar & Mattar (2014). E com relação aos conceitos de criança e infância historicamente construídos conferimos a Ariès (1981). Os resultados evidenciaram que as personagens infantis do livro assemelham-se a representação moderna de criança, pois são construídas a partir de um contexto social e histórico atual. Uma vez que nas narrativas encontram-se característica de conto moderno tanto no enredo como na construção das personagens e temáticas abordadas, entretanto, também foram percebidas características do conto tradicional relacionadas basicamente no que se refere à estrutura e número de personagens, assim como a presença da moral ao fim de cada conto.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5743
Other Identifiers: 2014009440
Appears in Collections:Pedagogia (A distância)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Representação da Infância_Artigo_2017.pdf976.66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.