Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5600
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorQueiroz Neto, Venâncio Freitas de-
dc.contributor.authorRodrigues, Claudiane Antunes-
dc.date.accessioned2018-01-22T17:42:03Z-
dc.date.available2018-01-22T17:42:03Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier2014007310pr_BR
dc.identifier.citationRODRIGUES, Claudiane Antunes. O lúdico como ferramenta de ensino e aprendizagem no fazer docente. 2017. 24f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia), Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Macau, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5600-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectDocentepr_BR
dc.subjectLúdicopr_BR
dc.subjectCriançapr_BR
dc.titleO lúdico como ferramenta de ensino e aprendizagem no fazer docentepr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Queiroz Neto, Venâncio Freitas de-
dc.contributor.referees2Queiroz, Rouseane da Silva Paula-
dc.description.resumoA educação é o principal meio pelo qual qualquer indivíduo adquire conhecimentos específicos referentes a cada nível de aprendizagem, o primeiro contato do ser, no caso da criança com o ambiente escolar esta cada vez, mais precoce. A educação infantil desperta muitos e diferentes olhares, sempre foi objeto de pesquisa de muitos estudiosos. Quando lançamos esse olhar pedagógico para a educação infantil as estratégias e os procedimentos devem ser ainda mais atraentes, dinâmicos e envolventes; assim, todo graduando de pedagogia vislumbra o lúdico como fonte de ensino aprendizagem no fazer docente, contribuindo didaticamente para as partes envolvidas – professor (a) e aluno (a). A autora Dias (2013), afirma que entre as muitas formas de educar e transformar, uma muito importante é a educação lúdica. O presente trabalho tem como o objetivo apresentar o lúdico como ferramenta de ensino e aprendizagem no fazer docente. Será uma pesquisa totalmente documental, ou seja, bibliográfica. A ludicidade sinala como uma ferramenta importante na assimilação de conhecimentos, levando em consideração o momento histórico, social, político e cultural do meio em que vivemos. Sabemos que a ludicidade sempre existiu entre as civilizações, com particularidades e representações referentes à suas épocas, muitas das atividades que hoje descrevemos como sendo lúdicas recebiam outras definições tanto de nomenclatura quanto de significados. Segundo Vygotsky (1998), para entendermos o desenvolvimento da criança, é necessário levar em conta as necessidades dela e os incentivos que são eficazes para colocá-las em ação. Brincar é uma importante forma de comunicação e socialização, é por meio deste ato que a criança pode reproduzir o seu cotidiano e sua maneira de pensar, pois é através do “faz de conta” que ela repassa o seu pensar, sua maneira de ver o mundo. O profissional precisa despertar na criança a criatividade, o entusiasmo, a alegria e observa-las no decorrer do brincar. É necessário que o docente entenda o brincar o jogar da criança, a fim de examinar o universo infantil, para isso é preciso ter um conhecimento teórico e prático, com capacidade de observação e interesse. O professor é uma peça fundamental na educação, no entanto, mesmo que ele seja motivado e criativo, não será suficiente para uma educação de qualidade, é preciso compreender que o professor não é um “super herói”, mas um profissional capacitado academicamente para exercer determinada função”. Após debatermos, descrevermos e refletirmos podemos apontar o lúdico como uma “metodologia” necessária e preciosa no processo de ensino e aprendizagem, ampliando as possibilidades de desenvolvimento intelectual, motor e cognitivo da criança no fazer docente, servindo como instrumento de trabalho e desenvolvimento para o mesmo. O lúdico é uma engrenagem propulsora para uma educação de qualidade que tem a possibilidade de colocar em funcionamento habilidades inata, e desenvolver as habilidades nata de um indivíduo, e nesse processo o docente deve desempenhar o papel de facilitador, mediador, descobrir/aprender que o lúdico nos possibilita. No mais, é preciso entendermos que o lúdico não deve se sobrepor aos conteúdos, ao ensinar do docente nem tão pouco a aprendizagem das crianças (alunos).pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentPedagogia EaDpr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.subject.cnpqEducaçãopr_BR
dc.contributor.referees3Assunção, Zoraia da Silva-
Appears in Collections:Pedagogia (A distância)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OLudicoComoInstrumento_artigo_2017.pdf397.81 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons