Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5591
Title: Avaliação do perfil de resistência de cultura de vigilância epidemiológica para staphylococcus aureus e enterococcus spp em um serviço hospitalar universitário
Authors: Ferreira, Karolayne Layssa Alves
Keywords: Infecção Hospitalar;Resistência a Antibióticos;Cultura de Vigilância
Issue Date: 27-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Karolayne Layssa Alves. Avaliação do perfil de resistência de cultura vigilância epidemiológica para staphylococcus aureus e enterococcus spp em um serviço hospitalar Universitário. 2017. 44f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina), Departamento de Biomedicina, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O uso indiscriminado de antibióticos tem sido um dos maiores fatores para o favorecimento dos quadros de resistência bacteriana por provocar uma pressão seletiva sobre as bactérias tornando-as multirresistentes, o que no âmbito hospitalar pode resultar em um grande problema de saúde pública. Um dos patógenos mais comumente isolados são Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) juntamente ao Enterococcus spp resistente à vancomicina (ERV), que tem apresentado crescimento contínuo em instituições hospitalares a nível mundial. O presente estudo teve como objetivo avaliar a prevalência e o perfil de resistência de cultura de vigilância epidemiológica para Staphylococcus aureus e Enterococcus spp em um Serviço Hospitalar Universitário, no período de janeiro de 2015 a dezembro de 2016. Trata-se de um estudo retrospectivo, baseado na análise dos resultados de exames de cultura qualitativa de “swab” nasal e retal de pacientes internados no Hospital Universitário Onofre Lopes - EBSERH (HUOL) em Natal, no período do estudo. Os dados foram coletados em livros de registro do setor de microbiologia, do referido hospital, e armazenados em planilhas no Microsoft Excel® 2010, submetidos à análise usando o teste de Fisher, programa Stata®. Observou-se que a implementação das culturas de vigilância diminuiu as taxas de isolados resistentes e na UTI houve uma redução significativa em relação as demais alas. Não foi observada diferença significativa para as variáveis idade e sexo. Os resultados desse estudo servem como alerta a equipe de saúde e contribui com a melhoria dos programas de vigilância da CCIH
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5591
Other Identifiers: 2012912052
metadata.dc.description.embargo: 2018-08-20
Appears in Collections:Biomedicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoPerfiResistência_Ferreira_2017.pdfMonografia1.81 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons