Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5563
Title: Catálise heterogênea da celulose proveniente do bagaço de cana-de-açúcar para obtenção de açúcares redutores
Authors: Andrade, José Carlos Florêncio de
Keywords: Bagaço de cana-de-açúcar. Celulose. Catálise heterogênea. MCM-41
Issue Date: 15-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ANDRADE, José Carlos Florêncio de. Catálise heterogênea da celulose proveniente do bagaço de cana-de-açúcar para obtenção de açúcares redutores. 2017. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química do Petróleo) - Instituto de Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A preocupação com a forte dependência dos combustíveis fósseis, sobretudo do petróleo, vem se acentuando com o passar dos anos, perante o temor da futura escassez deste recurso energético. Um potencial substituto para o petróleo está no uso da biomassa, sobretudo daquela oriunda dos rejeitos ou resíduos provenientes da agroindústria, como por exemplo, o bagaço da cana. Neste trabalho, foi estudado o processo de catálise heterogênea utilizando o material mesoporoso MCM-41, puro e modificado com metais (zircônio, molibdênio), na concentração de 5% (m/m), utilizando como precursores óxidos dos mesmos. A síntese do suporte mesoporoso foi realizada através do método hidrotérmico e a impregnação com os metais foi feita por via úmida, na forma pós-situ. Os adsorventes sintetizados, puros e modificados, foram caracterizados através das técnicas de difratometria de raios X - DRX, espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier - FTIR, e microscopia eletrônica de varredura - MEV com espectroscopia de energia dispersiva - EDS. Os ensaios de catálise heterogênea foram realizados utilizando celulose comercial e celulose obtida do bagaço de cana-de-açúcar (BCA), com variação da proporção do catalisador em relação à massa de celulose de 5% e 10% m/m, a fim de verificar comparativamente a efetividade do processo de conversão em açúcares redutores (AR’s). A avaliação do teor de AR’s obtidos após o processo de catálise, ocorreu por meio da técnica de Espectrofotometria de UV-Vis, utilizando o método DNS. Foi observado que a MCM-41 pura apresentou bons resultados de conversão, sobretudo quando utilizado celulose comercial, atingindo os valores de 0,416 g/L e 0,820 g/L (5% e 10% m/m de catalisador em relação a massa de celulose, respectivamente). Os menores valores de conversão apresentados para a celulose do BCA podem ser atribuídos ao maior tamanho de partícula desta celulose em relação à celulose comercial, proporcionando menor área superficial, assim como a diferente cristalinidade entre as amostras de celulose, onde possivelmente a celulose do BCA apresentou maior valor.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5563
Other Identifiers: 2011024407
Appears in Collections:Química do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CatáliseHeterogênea_ANDRADE_2017.pdf2,34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.