Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5557
Title: Avaliação da exposição ao chumbo e a relação com determinantes de risco na população de Lajes Pintadas-RN
Authors: Silva, Anne Nathalia de Sousa
Keywords: Avaliação de risco;Chumbo ambiental;Radiação natural;Exposição ao chumbo
Issue Date: 8-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Anne Nathalia de Sousa. Avaliação da exposição ao chumbo e a relação com determinantes de risco na população de Lajes Pintadas-RN. 2017. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Curso de Biomedicina, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A cidade de Lajes Pintadas (RN) está localizada na Província Pegmatítica da Borborema. Região rica em minerais e metais, incluindo o chumbo (Pb), um metal tóxico para diversos organismos, associado à neurotoxicidade e a distúrbios cognitivos em crianças, envolvido com alterações em diversos órgãos, além de ser um potencial carcinógeno para humanos. Desta maneira, esse estudo objetivou avaliar a exposição humana ao chumbo ambiental, relacionando os níveis encontrados com os fatores determinantes de risco. Para isso, foram avaliados os níveis de chumbo ambiental em amostras de água e solo. A exposição da população também foi avaliada através da dosagem de biomarcadores de exposição e efeito (chumbo no sangue- Pbs e Zinco Protoporfirina- ZPP) respectivamente, em amostras sanguíneas de 212 habitantes de lajes pintadas. Fatores de risco de exposição ao chumbo foram avaliados mediante a aplicação de um questionário. O nível de Pbs obtido atingiu de concentrações não detectáveis a 14,1 µg/dl. Os níveis de ZPP estiveram entre 1,25 µg/dl e 114,20 µg/dl não tendo relação significativa com os níveis de chumbo estabelecidos. Foi considerado um valor de corte para definição de exposição ambiental ao chumbo de 3 µg /dL para Pbs. De acordo com o valor de referencia internacional para Pbs, menos de 5% da população estudada encontrava-se exposta. Enquanto que mais de 16% da população foi classificada como exposta, considerando a referência de corte do estudo. Os indicadores de exposição ao chumbo ratificaram uma exposição exclusivamente geogênica a este elemento. A idade, gênero e tempo de residência estiveram relacionados aos níveis de exposição encontrados. Não houve relação estatisticamente significativa entre o nível de exposição com a prevalência de doenças descritas pela população. No entanto, mesmo não sendo confirmada causalidade entre a exposição com as patologias descritas, estudos adicionais são requeridos, levando em consideração uma população potencialmente suscetível a baixos níveis de chumbo, como a população infantil. Dessa forma, faz-se necessário uma analise do desenvolvimento cognitivo nesta população
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5557
Other Identifiers: 2013084351
Appears in Collections:Biomedicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoExposiçaoChumbo_Silva_2017.pdfMonografia1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.