Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5534
Title: O efeito da implantação da Lei de Promoção de Praças dos militares estaduais no equilíbrio financeiro e atuarial do regime próprio de previdência social do Estado do Rio Grande do Norte
Authors: Sena, Lenildo Melo de
Keywords: Microssimulação. Previdência social. Militares estaduais.
Issue Date: 30-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SENA, Lenildo Melo de. O efeito da implantação da Lei de Promoção de Praças dos militares estaduais no equilíbrio financeiro e atuarial do regime próprio de previdência social do Estado do Rio Grande do Norte. 2017. 65f. Monografia (Bacharelado em Ciências Atuariais) - Departamento de Demografia e Ciências Atuariais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este trabalho teve como proposta a investigação do efeito da implantação da Lei de Promoção de Praças dos Militares Estaduais no equilíbrio financeiro e atuarial do regime previdenciário social do Estado do Rio Grande do Norte. Para esse estudo foi utilizado uma população fechada constituída pelo efetivo de praças ativas e inativas da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte no ano 2017. Foram realizadas, neste trabalho, projeções da população ao longo do tempo com objetivo de verificar sua evolução em relação às causas de saída: passagem para inatividade (reserva remunerada), reforma (invalidez) e morte, bem como analisar a diferença entre receitas (contribuições) e despesas (benefícios) previdenciárias. As projeções foram elaboradas como o emprego das técnicas demográficas e estatísticas e do programa computacional RStudio em suas modelagens. As modelagens deram-se através de microssimulação com uso de modelo matemático para classificação dos integrantes quanto à forma de sua saída da coorte. Os resultados obtidos mostraram que, pelas projeções populacionais, o regime já começa apresentando deficit previdenciário, o qual permanece evoluindo ao longo do tempo, ainda que considere apenas os benefícios com aposentadoria, desconsiderando os de pensão por morte e benefícios de curta duração, como auxílio doença e salário maternidade.
Abstract: This present work had as proposal to investigate the effect of implanting the promotion law of the State Junior Military Personnel on the actuarial and financial balance of the state social security regime. In this study, a sample constituted by active and retired junior military police officers in 2017 was used. In this work, projections of the population were made along the time in order to verify its evolution on the reasons for outgoing: passage to retirement (remunerated military reserve), retirement (invalidity) and death, as well as the difference between incoming (contribution taxes) and spending (benefits). Those projections were made by using demographic and statistic techniques and even the computational program RStudio on its modeling. The modeling was done through microsimulation by using a mathematical model to classify the members as to the form of their outgoing from the Cohort. The obtained results showed that through population projections already starts demonstrating deficit to the social security system and remains growing through the time, even taking into consideration only benefits such as retirement, and disregarding pensions from death and short-term benefits such as health insurance and maternity pay.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5534
Other Identifiers: 2011023867
Appears in Collections:Ciências Atuariais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoImplantaçao_Sena_2017.pdf2.01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.