Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/5531
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo, João Medeiros de-
dc.contributor.authorSilva, Suzane Adrielly-
dc.date.accessioned2017-12-27T17:33:23Z-
dc.date.available2017-12-27T17:33:23Z-
dc.date.issued2017-11-28-
dc.identifier2010052510pr_BR
dc.identifier.citationSILVA, Suzane Adrielly. Análise qualitativa do método de inversão completa das formas de onda no domínio do tempo. 2017. 34 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Física Bacharelado) - Departamento de Física Teórica e Experimental, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/5531-
dc.description.abstractOne of the great challenges of modern science is to obtain good images of subsurfaces in an indirect way, since the direct way of observing such surface is often not feasible. We can cite some examples that use indirect processes of imaging, such as: Ultrasonography, Tomography, Seismic Imaging, among others. The similarity between these methods co- mes from the way used to obtain the image. In all the cited examples the region of interest is subjected to some kind of wave, which penetrates the middle (body) and undergoes reflections, refractions, etc. Such phenomena can be detected thanks to the reception of these waves by sensors. In this work we approach the problem of Seismic Imaging, detai- ling some of the most important steps in the technique, which is the most used by the Oil industry to image subsurface areas, in search of oil and gas reservoirs. This work deals with a general analysis of the FWI methodology in the time domain, from mathematical formulation to a computational application. In the development of this work the Finite Differences Method was used to discretize the acoustic wave equation, assuming the wave field to be exclusively acoustic. We also used the Descent Gradient Method to update the velocity model. We initially use a smooth velocity model that we assume to be close to the real model and reconstruct iteratively until a more realistic model is obtained. The Adjoint Method was used to calculate the objective function gradient. The analysis developed in this work was divided into three parts: analysis of the quality of the recons- tructed subsurface image due to a change in the number of shots; the same analysis, now considering the change in the number of iterations; and analysis of the execution time of each configuration. From this study, we can take a quantitative analysis of the parameters of the model, observing what we call the “optimal point”, the point where we find the solution m which minimizes our error function.pr_BR
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectInversão Completa das Formas de Ondapr_BR
dc.subjectMigraçãopr_BR
dc.subjectMétodo Adjuntopr_BR
dc.subjectProgramação Paralelapr_BR
dc.titleAnálise qualitativa do método de inversão completa das formas de onda no domínio do tempopr_BR
dc.title.alternativeQualitative analysis of the full waveforms inversion method in time domainpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.contributor.referees1Araújo, João Medeiros de-
dc.contributor.referees2Corso, Gilberto-
dc.description.resumoUm dos grandes desafios da ciência moderna é obter boas imagens de subsuperfície de forma indireta, tendo em vista que muitas vezes a forma direta de observar tal superfície é inviável. Podemos citar alguns exemplos que utilizam processos indiretos de imageamento, tais como: Ultrassonografia, Tomografia, Imageamento Sísmico, entre outros. A semelhança entre esses métodos advêm da forma utilizada para obter a imagem. Em todos os exemplos citados a região de interesse é submetida à algum tipo de onda, que penetra no meio (corpo) e sofre reflexões, refrações, etc. Tais fenômenos podem ser detectados graças à receptação dessas ondas por sensores. Neste trabalho abordamos o problema de Imageamento Sísmico, detalhando algumas das etapas mais importantes da técnica, que é a mais utilizada pela indústria de Petróleo para imagear subsuperfícies, em busca de reservatórios de óleo e gás. Este trabalho se trata de uma análise geral da metodologia FWI no domínio do tempo, desde a formulação matemática até uma aplicação computacional. No desenvolvimento deste trabalho foi utilizado o Método das Diferenças Finitas para discretizar a equação da onda acústica, supondo o campo de onda sendo exclusivamente acústico. Também foi utilizado o Método do Gradiente Descendente para atualizar o modelo de velocidades. Usamos inicialmente um modelo de velocidades suave que supomos estar próximo do modelo real e o reconstruímos iterativamente até obter um modelo mais realístico. Foi utilizado o Método Adjunto para calcular o gradiente da função objetivo. A análise desenvolvida neste trabalho foi dividida em três partes: análise da qualidade da imagem de subsuperfície reconstruída perante mudança na quantidade de disparos; a mesma análise, agora perante mudança na quantidade de iterações; e análise do tempo de execução de cada configuração. Podemos a partir desse estudo, levantar uma análise quantitativa dos parâmetros do modelo, observando o que chamamos de “ponto ótimo”, o ponto em que encontramos a solução m que minimiza nossa função erro.pr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.departmentFísicapr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::SISMOLOGIApr_BR
dc.contributor.referees3Bezerra, Claudionor Gomes-
Appears in Collections:Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InversaoCompleta_Silva_2017.pdfMonografia4.04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.